Joseph Blatter falou sobre a ideia de amistoso na tentativa de amenizar as tensões entre os dois povos

Joseph Blatter, presidente da Fifa, em visita a Israel
Tsafrir Abayov/AP
Joseph Blatter, presidente da Fifa, em visita a Israel

Durante uma reunião em Jerusalém, nesta terça-feira, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, discutiram a possibilidade de realizar um amistoso entre o país e a seleção da Palestina.

Leia também: Para salvar o Boca, Conmebol abre mão de uma vaga na Copa de 2018, afirma jornal

Segundo a Rádio Militar, a proposta foi feita pelo dirigente, mas de acordo com o site "Ynet", a ideia partiu do próprio chefe de governo. O local da eventual partida seria Zurique, na Suíça, país sede da Fifa e que adota uma política de neutralidade, e Netanyahu teria se mostrado disponível a assistir ao jogo.

A viagem de Blatter a Israel foi motivada por um pedido da Autoridade Nacional Palestina (ANP) para suspender o país por supostas violações à liberdade de seus jogadores. O caso será discutido na próxima assembleia geral da entidade, no dia 29 de maio, também em Zurique.

Nesta quarta-feira, o cartola irá a Ramallah, na Cisjordânia, para encontrar o presidente da ANP, Mahmoud Abbas, e dirigentes locais para buscar uma solução diplomática para o impasse, mais um entre os dois povos, separados por conflitos religiosos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.