Tamanho do texto

Clássico foi suspenso no intervalo depois de jogadores do River serem alvo de gás de pimenta dentro do túnel de acesso

Jogadores do River Plate foram alvo de spray de pimenta dentro do campo da Bombonera
Divulgação
Jogadores do River Plate foram alvo de spray de pimenta dentro do campo da Bombonera

A Conmebol deu até as 15h do sábado (de Brasília) para o Boca Juniors apresentar sua defesa a respeito dos incidentes na partida contra o River Plate, quinta-feira, na Bombonera. Ela foi suspensa no intervalo  depois de jogadores do time visitante serem alvo de spray de pimenta na volta do vestiário. 

Na perícia feita pela polícia argentina, foi descartada a possibilidade de o gás ter vindo de fora do campo. Jogadores do River acusam policiais de terem usado o spray para dispersar uma possível ameaça de fora de torcedores que tentavam soltar um sinalizador no túnel de acesso dos jogadores do River ao campo. 

A cúpula da Conmebol se reúne na sua sede em Luque, no Paraguai, para decidir as possíveis sanções ao Boca Juniors por conta dos incidentes.

Veja o comunicado da Conmebol

A Conmebol lamenta os acontecimentos ocorridos no dia de ontem na partida Boca Juniors x River Plate nas oitavas de final da Taça Libertadores, que resultaram na suspensão do referido encontro. No dia de hoje, a Unidade Disciplinar da Conmebol, após ter recebido os relatórios correspondentes, iniciou processo disciplinar contra o Club Atlético Boca Juniors com base nos referidos fatos. Ao citado clube, conforme disposto no Regulamento Disciplinar da Conmebol, lhe foi concedido um prazo até as 14h (de Assunção, no Paraguai) de amanhã, 16 de maio, para apresentar as alegações que considere oportunas. Até que o Tribunal de Disciplina emita uma decisão sobre este assunto, a Conmebol não fará mais comentários a respeito deste o assunto.

Errata: De forma equivocada, publicamos notícia que dava a eliminação do Boca Juniors e classificação do River Plate para as quartas de final. A conta oficial da Copa Libertadores informou a punição 14h40, mas foi desmentida pela Conmebol às 15h. Esta nota foi corrigida às 16h30. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.