Neymar supera Eto’o e Rivaldo: "Um dos melhores da história do Barcelona"

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com 37 gols na temporada, atacante bate as melhores marcas do camaronês e do compatriota quando jogavam pelo clube e é reverenciado por jornalista catalão

Neymar: 37 gols na atual temporada
AP Photo/Matthias Schrader
Neymar: 37 gols na atual temporada

"Neymar já se consagrou como um dos melhores artilheiros da história do Barcelona”. A frase do jornalista Toribio Blanco, do jornal catalão Mundo Deportivo, vem carregada da empolgação momentânea gerada pelos dois gols do brasileiro que ajudaram a eliminar o Bayern na semifinal da Liga dos Campeões. Mas também tem um pouco de embasamento matemático, visto que Neymar superou marcas significativas dos ídolos Eto’o e Rivaldo.

Leia mais: Finalista, Neymar desfalca seleção em amistoso no estádio do Palmeiras

Neymar marcou 37 gols na atual temporada, tendo disputado 47 partidas. Já deixou para trás os dois ídolos em seus melhores anos pelo clube: Eto’o marcou 36 gols em 52 partidas na temporada 2008/09; Rivaldo fez 36 gols em 53 jogos em 2000/01.

E Blanco destaca que Neymar faz tudo isso tendo um espaço limitado para se movimentar em campo. "Ele acrescenta à excelente técnica brasileira uma letalidade maiúscula para alguém que deve jogar só do lado esquerdo, para não pisar no espaço de outros monstros como Messi, Suárez e Iniesta".

Veja gols e lances de rara habilidade de Neymar pelo Barcelona:

O brasileiro está arrebentando sobretudo na Liga dos Campeões. Ele é o primeiro jogador da história do Barcelona a marcar gols nos dois jogos da semifinal, pois havia feito um nos 3 a 0 sobre o Bayern, no jogo de ida disputado na Espanha. O que sequer foi novidade, já que havia marcado também nos dois duelos contra o PSG nas quartas de final.

Com nove gols marcados na edição atual da Liga dos Campeões, Neymar é um dos vice-artilheiros da principal competição europeia, atrás somente de Messi, que marcou dez vezes. Está ao lado do também brasileiro Luiz Adriano, do Shakhtar Donetsk, e de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

Leia tudo sobre: neymarbarcelonaespanhafutebol mundialliga dos campeões

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas