Antes de jogo mais importante da temporada, contra o Guaraní pela Libertadores, time recebeu apoio da torcida em Itaquera

O Corinthians  não terá nem Vágner Love, nem Cristian, donos de alguns dos maiores salários do clube, nem no banco de reservas da partida decisiva contra o Guaraní pelas oitavas de final da Libertadores nesta quarta-feira. Em treino aberto para mais de 7 mil torcedores na Arena Corinthians, o técnico Tite recebeu o apoio dos corintianos e decidiu não relacionar os dois atletas que, somados, tiram R$ 1 milhão por mês do clube.


Sem Emerson Sheik, suspenso, o treinador vai escalar Malcom como titular do ataque ao lado de Guerrero. Luciano, titular em Assunção no jogo de ida, também não fica nem no banco. O Corinthians precisa reverter um placar de 2 a 0 sofrido para o time paraguaio na partida de ida para avançar às quartas de final.

O time titular do Corinthians já está definido com Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Renato Augusto e Jadson; Malcom e Guerrero. As opções no banco são Walter; Edilson, Edu Dracena, Bruno Henrique, Danilo, Romero e Mendoza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.