Quatro meses e 10 jogos depois, atacante da seleção brasileira conseguiu, enfim, marcar um gol pelo Shandong Luneng

Tardelli e Aloísio comemoram gol do Shandong, o primeiro do atacante da seleção
Divulgação/Shandong Luneng
Tardelli e Aloísio comemoram gol do Shandong, o primeiro do atacante da seleção

Demorou, mas saiu. O primeiro gol de Diego Tardelli pelo Shandong Luneng no Campeonato Chinês saiu neste domingo na vitória de virada sobre o Henan Jianye, por 2 a 1. Convocado para ser o camisa 9 da seleção brasileira na Copa América, o atacante demorou quatro meses e 10 jogos para, enfim, ir às redes pelo clube. 

Ele já havia feito cinco jogos pela Liga dos Campeões da Ásia, três pelo Campeonato Chinês e outro pela SuperCopa da China, sem marcar um gol sequer.

“Graças a Deus, consegui marcar o meu primeiro gol aqui, já estava na hora, né?. Sou um cara experiente e sabia que uma hora ia acontecer, mas já estava ficando um pouquinho ansioso. Deus sabe o que faz e não podia ter vindo num melhor momento", disse Tardelli, que comemorou 30 anos neste domingo.

Tardelli comemorou 30 anos neste domingo
Divulgação/Shandong Luneng
Tardelli comemorou 30 anos neste domingo

"Marquei no dia do meu aniversário e na primeira partida após ter sido convocado para a Copa América. Estou muito feliz. E o mais importante é que conseguimos vencer uma partida complicada, com um jogador a menos, e nos reaproximamos das primeiras colocações. Temos que seguir com essa mesma pegada se quisermos brigar pelo título”, disse.

A artilharia do Campeonato Chinês é dividida entre Ricardo Goulart, ex-Cruzeiro, do Guangzhou Evergrande, e Aloísio, companheiro de Tardelli no Shandong Luneng. Os dois já marcaram oito vezes na competição. Nem um deles foi lembrado por Dunga para a Copa América. 

Veja os 23 jogadores convocados por Dunga para a Copa América


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.