Black Bridge is coming! Por que a Ponte Preta foi escolhida para jogar nos EUA?

Por Mário André Monteiro - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com força máxima, equipe de Campinas fará amistoso contra o Orlando City, na Flórida. Time norte-americano deve ter Kaká

Ponte Preta vai enfrentar o Orlando City com sua força máxima
Site oficial
Ponte Preta vai enfrentar o Orlando City com sua força máxima

O amistoso que a Ponte Preta realizará no próximo sábado, dia 2 de maio, diante do Orlando City, promete ser um marco na história do clube de Campinas na busca pelo reconhecimento da sua marca no exterior. Vale lembrar que o primeiro jogo internacional da Macaca aconteceu apenas em 2013, na Copa Sul-Americana, competição que a equipe de 115 anos de vida foi vice-campeã.

E mais: Com maior salário da história nos EUA, Kaká domina a cidade de Orlando

"Queremos abrir novos horizontes, formar mais torcedores dentro e fora do Brasil, e gerar oportunidades de negócios internacionais para a Ponte. O clube que já se firmou como a quinta maior força do futebol paulista e cada vez mais consolida sua grandeza e tradição não só no Brasil como, a partir de agora e cada vez mais, nos demais países do mundo", disse Gustavo Valio, presidente da Comissão de Internacionalização da marca Ponte Preta.

No site oficial do time brasileiro, a confirmação do amistoso vem com a frase em inglês "The Black Bridge is coming" (ou, em português, "a Ponte Preta está chegando"), fazendo alusão ao projeto.

Kaká é o grande astro do Orlando City
Twtter/Reprodução
Kaká é o grande astro do Orlando City

O convite para o duelo na Flórida partiu do próprio clube dos Estados Unidos, que vê na Ponte Preta um adversário que pode desafiar o Orlando City em alto nível, como explicou Marcos Peres, diretor de comunicação internacional dos "Lions", em entrevista exclusiva ao Portal iG.

Veja: Técnico de Kaká nos EUA sonha em jogar a Libertadores com o Orlando City

"Nós tínhamos uma janela dentro do calendário da MLS (Major League Soccer), não teria jogo neste final de semana e estávamos procurando um adversário para fazer amistoso e nos mantermos em atividade, um desafio para o restante da temporada. O mercado brasileiro é o que temos mais interesse e começamos a analisar alguns times da Série A do Brasileirão. Esse era o primeiro pré-requisito", disse Peres.

Vale lembrar que a Ponte Preta retornou à elite do Campeonato Brasileiro depois de ficar com o vice-campeonato da Série B do ano passado.

"O calendário da maioria dos times estava comprometido com os campeonatos regionais, então começamos a conversar com alguns clubes e sugeriram a Ponte Preta, que fez um Paulistão bacana e pareceu bastante interessante. É uma equipe que levaria esse amistoso a sério, que apresentaria uma boa escalação e desafiaria o Orlando em bom nível", completou o diretor.

A Ponte Preta será o terceiro time brasileiro a visitar o Orlando City desde 2013. O clube norte-americano empatou o amistoso com o São Paulo por 0 a 0  no ano passado, enquanto o Fluminense, um ano antes, foi até a Flórida e venceu os donos da casa por 4 a 3.

Olando City conhece a Ponte?

Segundo Marcos Peres, o amistoso diante da Ponte Preta é visto com bons olhos pelo técnico do Orlando, o inglês Adrian Heath. "Ele conhece bem o futebol brasileiro, ele é estudioso do futebol. Na época que ele jogava futebol, a Ponte sempre estava na Série A. E ele acredita que esse jogo será desafiador para o desenvolvimento do time, para continuidade na MLS", comentou.

Borges fará sua estreia pela Ponte Preta no amistoso contra o Orlando City
Site oficial
Borges fará sua estreia pela Ponte Preta no amistoso contra o Orlando City

"Kaká estará à disposição, assim como todos os titulares. O treinador pretende dar alguns minutos importantes de jogo para atletas que não vêm sendo utilizados no dia a dia", disse Marcos Peres.

O lateral direito português Rafael Ramos, titular do Orlando, também conhece a Ponte Preta. O atleta disse que sabe da tradição do clube de Campinas, que é um time de Série A, e está na expectativa de enfrentar o atacante Borges, que fará sua estreia pela Macaca - ele foi contratado em março.

Leia tudo sobre: Ponte PretaAmistosoEstados UnidosEUAOrlando CityFutebol Mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas