Os clubes que saíram em desvantagem no primeiro jogo, ainda têm chances de conquistar o título. Leia abaixo o por quê

O seu time saiu em desvantagem na primeira final do campeonato estadual, e você não acredita mais na conquista? Mantenha a calma e tente não se preocupar. Nós listamos aqui abaixo alguns motivos para você ainda acreditar no troféu que estará em disputa neste domingo. Creia, o jogo pode virar! 

Campeonato Paulista: Santos 

O Palmeiras não aproveitou a chance de fazer um placar elástico no Allianz Parque (foi apenas 1 a 0) e agora terá de suportar a pressão alvinegra no alçapão. Quem diga o eterno moleque da Vila, Robinho. O Rei da Pedalada ficou fora da primeira partida, mas está recuperado para bilhar ao lado de Lucas Lima. Este segundo, por sua vez, vem com uma gana imensa de vencer Oswaldo de Oliveira, treinador que o podou da final do Paulistão no ano passado, diante do Ituano, no Pacaembu. Sem falar que o Peixão é o maior campeão do século, com cinco títulos, e tem a melhor defesa desde 2009. Ou seja, ainda dá!

Robinho estará na Vila Belmiro
Ricardo Saibun/Santos FC
Robinho estará na Vila Belmiro


Campeonato Carioca: Botafogo

Dizer que René Simões é um motivador é o mesmo que chover no molhado, né? Mas além do treinador, o botafoguense tem motivos de sobra para ainda acreditar no título. O goleiro Renan é o primeiro deles. Ele foi o responsável por garantir a classificação à final ao parar o Fluminense nos pênaltis. 

Para quem gosta de relembrar o retrospecto, basta resgatar a final com o Vasco em 1997. Após perder a primeira partida por 1 a 0,  o Bota levou o título ao derrotar o rival pelo mesmo placar com gol de Dimba.

Renan, goleiro do Botafogo, brilhou durante a semi contra o Fluminense
Vitor Silva/SS Press
Renan, goleiro do Botafogo, brilhou durante a semi contra o Fluminense


Campeonato Mineiro: Atlético-MG

É verdade que a Caldese tem a melhor campanha e a vantagem do empate para sagrar-se campeã, mas álguem ousa duvidar da força do Galo Vingador? Depois de ter o melhor público do Brasil nos Estaduais, o Atlético deve receber o incentivo em massa dos torcedores também em Varginha (MG) para mais um decisão de Levir Culpi. E o técnico não costuma afinar. Desde que voltou para o clube, Levir soma sete vitórias em oito "decisões". Sem falar no argentino Lucas Pratto, autor de seis gols na competição.

Lucas Pratto foi quem colocou o Atlético-MG na final ao passar pelo Cruzeiro
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Lucas Pratto foi quem colocou o Atlético-MG na final ao passar pelo Cruzeiro


Campeonato Baiano: Bahia

Com a derrota por 3 a 0 para o Vitória da Conquista no primeiro jogo, o Bahia se apega à Arena Fonte nova para virar placar. Em 2012, quando poucos acreditavam, o Bahia foi lá e encerrou o jejum de 11 anos. Ao empatar o primeiro jogo por 0 a 0 com o Vitória, e fazer 3 a 3 no Pituaçu.

Maxi Biancucchi é o artilheiro do Bahia com seis gols no campeonato
Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação
Maxi Biancucchi é o artilheiro do Bahia com seis gols no campeonato


Campeonato Paranaense: Coritiba

O Coxa perdeu o primeiro jogo por 2 a 0 para o Operário, mas tem condições de se recuperar. No Couto Pereira, a esperança é verde. Na semifinal contra o Londrina, em casa, o time conseguiu tirar a desvantagem por 1 a 0 e marcar três gols para garantir a classificação para a final. E para incentivar entrar em campo pilhado e disposto, o time pode se tornar o primeiro da competição a levar o título após perder o primeiro jogo com uma diferença de dois gols. O artilheiro Rafhael Lucas pode voltar à equipe e fazer valer a soberania no Couto. 

Rafhael Lucas pode voltar domingo no Couto Pereira
Divulgação
Rafhael Lucas pode voltar domingo no Couto Pereira



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.