Meia era banco com Oswaldo de Oliveira, quando o treinador estava no Santos, e sequer chegou a ir para final em 2014. Agora, ele é o homem do meio-de-campo e titular absoluto

Lucas Lima, meia do Santos, é principal nome do time na temporada
Flickr oficial do Santos
Lucas Lima, meia do Santos, é principal nome do time na temporada

De renegado a peça fundamental do Santos FC em 2015. Assim é o meia Lucas Lima, que após ser desprezado por Oswaldo de Oliveira na Vila Belmiro, se tornou titular absoluto e responsável pela boa campanha neste Campeonato Paulista.

Há um ano, Lucas Lima sequer havia sido relacionado para a partida contra o Ituano, pela final do Paulistão no ano passado. Foram apenas quatro jogos na competição e lugar apenas na reserva sob o comando de Oswaldo, hoje treinador do Palmeiras. Publicamente ninguém confirma, mas dentro do clube o que se fala é que o meia chegou a discutir com o comandante e desde então passou a ser preterido.

Com um primeiro semestre para esquecer, Lucas Lima ressurgiu no Santos com a saídas de Cícero para o Fluminense e de Oswaldo, demitido pela antiga diretoria. A partir daí foram 35 jogos no Campeonato Brasileiro e três gols anotados. Desempenho suficiente para que o Santos prolongasse o vínculo dele até 2017.

"Eu aprendi muito com o Oswaldo na época do Santos. Eu só tenho a agradecer a ele. O gosto especial é estar disputando essa final, um jogo tão importante. Acho que certas coisas a gente nem leva para o campo para não desmotivar e estar concentrado", disse Lucas Lima ao iG após a derrota por 1 a 0 no domingo.

"Eu estou feliz. Eu estou jogando bem graças ao nosso grupo, todos estão de parabéns. Acho que nosso time chegou desacreditado e chegou à final e tem total chances de ser campeão. Eu quero ser campeão e deixar de pensar um pouco nos prêmios individuais, colocando-os de lado", completou.

Neste domingo, no Allianz Parque, Lucas Lima sofreu com a marcação cerrada do volante palmeirense Gabriel. Mas, ainda assim, o jogador de 24 anos conseguiu mostrar o que sabe e foi o melhor santista em campo na primeira final.

"É chato ter um cara ao seu lado, ainda mais o Gabriel que é um excelente marcador, fez uma ótima partida. Vai de mim procurar alternativas para escapar da marcação dele. Como eu falei, estou orgulhoso pelo jogo que nossa equipe fez", finalizou.

Neste Paulistão, Lucas Lima lidera as estatísticas do Santos. Segundo o Footststs , ele é jogador do time que mais desarma na competição, com mais 93% de acerto, e que dá mais assistência aos companheiros - ao total 61.  E aí Oswaldo se arrependeu?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.