Números comprovam que nos últimos anos quem vence o primeiro duelo conquista a taça. Será que vai dar para Palmeiras, Vasco, Vitória da Conquista e Operário?

Leandro Pereira comemora seu gol na vitória do Palmeiras sobre o Santos
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Leandro Pereira comemora seu gol na vitória do Palmeiras sobre o Santos

Os principais campeonatos estaduais estão na reta final e teve clube que já deu um passo muito importante para a conquista do título. Ao menos é o que comprova as estatísticas dessas competições.

De acordo com os números dos últimos dez anos, o clube que abre vantagem logo na primeira partida levanta a taça de campeão. No último domingo, Palmeiras, Vasco, Operário e Vitória da Conquista abriram vantagem e podem ser os próximos a engrossar essa lista.

O Paulistão é a competição onde esse retrospecto fica mais evidência. Desde quando o torneio deixou de definir o campeão nos pontos corridos em 2007, em seis das oito edições, a equipe que venceu o primeiro confronto ficou com o troféu. No ano passado, o Ituano venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e, no Pacaembu, venceu o Santos nos pênaltis.

No domingo, o Palmeiras saiu na frente ao derrotar o Santos pelo magro placar de 1 a 0, no Allianz Parque. Com a vitória, o time de Oswaldo de Oliveira precisa ao menos empatar na Vila Belmiro para conseguir ser campeão.

O atacante Thiago Ribeiro tenta passar pela marcação do zagueiro da Caldense
Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
O atacante Thiago Ribeiro tenta passar pela marcação do zagueiro da Caldense

No Rio de Janeiro, o Vasco venceu o Botafogo por 1 a 0, no Maracanã, ficou mais perto da conquista. Segundo o histórico do Campeonato Carioca, em sete finais desde 2005, em três delas os clubes que largaram na frente no primeiro jogo foram os vitoriosos.

Os estaduais Paranaense e Baiano podem ter nesta edição clubes pequenos como os campeões. No Paraná, o Operário venceu o Coritiba por 2 a 0 e decide o título no próximo domingo no Couto Pereira. Já na Bahia, o Vitória da Conquista fez 3 a 0 e complicou a vida do Bahia para a segunda decisão na Arena Fonte Nova.

O título ainda está aberto nos campeonatos Gaúcho e Mineiro. No Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional empataram em 0 a 0 e agora quem vencer no Beira-Rio fica com a taça. Já em Minas, a Caldense segurou o empate com o Atlético no Mineirão e basta empatar o segundo jogo em Varginha para soltar o grito de "É campeão". Será que os retrospectos vão ajudar? O domingo será quente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.