Final em Minas levou mais de 53 mil pagantes ao Mineirão. Em São Paulo, ingresso médio a R$ 106 garantiu maior receita

Atlético e Caldense não saíram do 0 a 0 na final do Mineiro com recorde de público
Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
Atlético e Caldense não saíram do 0 a 0 na final do Mineiro com recorde de público

Um balanço das finais de alguns dos principais estaduais no último domingo colocou o Atlético-MG como o mandante que levou mais gente ao estádio no Brasil. Foram 53.772 pagantes, o que garantiu ao clube o maior público do País em 2015. Antes desta partida, o clássico carioca entre Flamengo e Vasco, em 22 de março, tinha o recorde de público da temporada brasileira, com 51.085 pagantes. 

A final em Minas rendeu R$ 2,38 milhões. Muito menos do que o recorde de arrecadação nas decisões dos estaduais. Ele veio no Allianz Parque, onde o Palmeiras bateu o Santos por 1 a 0. Para 39.479 pagantes, o time mandante arrecadou R$ 4,18 milhões. O Gre-Nal na final do Gaúchão também teve renda superior à final mineira. Foram R$ 2,4 milhões para 46.909 pagantes. 

Mesmo com menos gente, o Palmeiras arrecadou muito mais que os jogos de Belo Horizonte e Porto Alegre porque aplica o ingresso mais caro do País. Em média, as entradas para a final do Paulistão saíram por R$ 106. No Mineirão, o ticket médio foi de R$ 44 e na Arena do Grêmio, R$ 51. 

O maior estádio que recebeu uma final de estadual foi o Maracanã, mas pouco mais da metade das arquibancadas ficaram vazias. Na final da Copa do Mundo de 2014, mais de 74 mil pessoas estiveram no estádio. Na decisão entre Vasco e Botafogo, foram 39.379 mil pagantes. A renda ficou em R$ 1,94 milhões. 

Cearense tem público decepcionante
No Campeonato Cearense o público também foi ruim para o jogo de ida entre Ceará e Fortaleza. O Castelão recebeu apenas 18.832 pagantes para a vitória do time tricolor por 2 a 1. O público foi decepcionante, especialmente ao se recordar que os dois maiores públicos do Brasil em 2014 foram alcançados no estádio cearense.

No mata-mata da Série C entre Fortaleza e Macaé, 62.525 pagantes estiveram no Castelão. Na final da Copa do Nordeste do ano passado, o Ceará levou mais 60.068 pagantes no jogo contra o Sport. Nesta quarta-feira, quando recebe o Bahia pela finalíssima da edição 2015 do torneio, a aposta é de novo grande público. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.