Líder do Grupo 3, equipe treinada por Marcelo Oliveira pode empatar com Huracán fora de casa na próxima rodada que garante classificação ao mata-mata do torneio continental

De Arrascaeta comemora com Willian o gol do Cruzeiro diante do Mineros
Gualter Naves/Light Press/Cruzeiro
De Arrascaeta comemora com Willian o gol do Cruzeiro diante do Mineros

Após um início preocupante, com dois empates sem gols nas duas primeiras partidas, o Cruzeiro  caminha a passos largos rumo às oitavas de final da Copa Libertadores. Após vencer o Mineros de Guayana por 3 a 0 , na noite de quarta-feira, no Mineirão, o atual campeão brasileiro se manteve na liderança do Grupo 3, com oito pontos, e a duas rodadas do fim da fase de grupos tem 94% de chances de classificação, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Confira a classificação da fase de grupos da Copa Libertadores

Isso significa que o Cruzeiro precisará apenas de um empate diante do Huracán, fora de casa, no próximo dia 14, para carimbar com antecipação seu lugar no mata-mata do torneio continental. Não perder para os argentinos na penúltima rodada da fase de grupos também pode ajudar o Universitário Sucre. Vice-líder da chave, com seis pontos, o time boliviano recebe no mesmo dia o Mineros, lanterna, e também se garante nas oitavas de final se vencer.

Leia também: Marcelo Oliveira vê o Cruzeiro mais forte após “jogo muito bom”

Caso não tropecem na próxima rodada e, desta forma, se classifiquem antecipadamente, Cruzeiro e Universitário Sucre fecham a fase de grupos, no dia 21 de abril, no Mineirão, brigando pela liderança na chave e, por consequência, pelo mando de campo no jogo de volta pelas oitavas de final.

Demais brasileiros

Lìder e vice-líder do Grupo 2, Corinthians  e São Paulo  dependem deles próprios para avançarem às oitavas de final da Libertadores. O Tricolor vai a campo primeiro, em 15 de abril, contra o Danubio, no Uruguai. Já o Timão recebe o San Lorenzo em Itaquera, no dia seguinte, e pode assegurar a vaga até com um empate.

Leia: Sem pressa, Aidar não descarta nem mesmo manter Milton Cruz

Empatado com o Emelec no Grupo 4, sete pontos para cada, o Internacional  visita a Universidad de Chile no próximo dia 16 e também tem chances de vaga antecipada, caso vença e os equatorianos tropecem diante do The Strongest, na Bolívia.

Rival do Cruzeiro, o Atlético-MG  tem posição mais delicada. Com três pontos e na terceira colocação do Grupo 1, o Galo precisa vencer o Santa Fé, em casa, nesta quinta-feira, para seguir vivo na competição em que se sagrou campeão em 2013. As chances, segundo o Infobola, são de apenas 24%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.