Tricolor briga por vaga nas oitavas de final da Libertadores e está empatado com o San Lorenzo, que na próxima rodada joga no Itaquerão. Brasileiros se enfrentam na última rodada

Buffarini e Alan Kardec na partida entre San Lorenzo e São Paulo: vitória dos argentinos
AP Photo/Natacha Pisarenko
Buffarini e Alan Kardec na partida entre San Lorenzo e São Paulo: vitória dos argentinos

O São Paulo  ficou numa situação duplamente incômoda na Libertadores  ao perder para o San Lorenzo por 1 a 0, nesta quarta-feira, na Argentina. Na próxima rodada, no dia 15 de abril, o Tricolor terá que vencer o Danubio, no Uruguai, e ainda torcer pelo rival Corinthians , que receberá o time argentino no Itaquerão.

Leia mais:  São Paulo leva golaço, perde para o San Lorenzo e se complica

Com seis pontos, o São Paulo está empatado com o San Lorenzo, mas leva vantagem no saldo de gols (2 a 0). Caso vença o Danubio e o time argentino perca, o Tricolor chegará à última rodada em situação confortável. E é importante que isso aconteça, já que o último jogo será contra o Corinthians, no Morumbi.

Elias e Jadson comemoram gol de Guerrero sobre o Danubio pela Libertadores
AP/Andre Penner
Elias e Jadson comemoram gol de Guerrero sobre o Danubio pela Libertadores

Não bastasse o péssimo retrospecto recente diante do Corinthians, o São Paulo teme o clássico porque o rival é, junto com o Boca Juniors, um dos melhores times da competição, com 12 pontos em quatro jogos. Se a combinação de resultados não for favorável no dia 15, o Tricolor chegará à última rodada com a obrigação de vencer.

Hoje, os números não dão a exata noção das campanhas de Corinthians e São Paulo. Embora esteja perfeito na Libertadores, o time alvinegro não está classificado ainda. De acordo com o site Infobola, a chance de avançar é de 99%. Já os tricolores têm 59% de chance de ficar com a vaga, contra 42% do San Lorenzo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.