Segundo Edmundo Bal, ele recebeu uma ligação "intimidadora" em que o nome de sua esposa e atletas do Barça foram citados

Negociação de Neymar com o Barcelona ainda é alvo de investigação da Justiça espanhola
Getty Images
Negociação de Neymar com o Barcelona ainda é alvo de investigação da Justiça espanhola

O advogado que representa a receita federal da Espanha no caso Neymar, Edmundo Bal, diz ter recebido ameaças por telefone por causa do processo que envolve o presidente do Barcelona , Josep María Bartomeu, o ex-dirigente Sandro Rosell e o clube catalão na compra do atacante junto ao Santos em 2013.

Bal concedeu entrevista à rádio "Cadena Ser" e na conversa diss que recebeu uma ligação e ouviu "uma voz masculina" o advertindo sobre seu interesse por futebol. Segundo ele, o homem mencionou ex-jogadores do Barcelona e ainda citou sua mulher "em um tom intimidador".

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Espanhol

Há uma semana, o fisco espanhol pediu a prisão de Bartomeu e Rosell e estipulou uma multa de 62,6 milhões de euros ao Barcelona por uma suposta fraude no negócio que levou Neymar para o Barcelona.

Rosell, que renunciou o cargo depois que o caso veio à tona, é investigado por informar valores incompatíveis à negociação. Ele é acusado de apropriação indébita. Já está comprovado que o dinheiro movimentado no acordo foi superior ao declarado. A receita espanhola estipula que deixou de receber 12 milhões de euros em impostos (cerca R$ 42 milhões).

Para o Ministério da Fazenda da Espanha, a transação de Neymar movimentou 94 milhões de euros (cerca de R$ 330 milhões). Na época, o clube espanhol disse ter pago 57,1 milhões de euros (R$ 200 milhões) para contratar o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.