Classificados, times do "trio de ferro" teriam direito de jogar em casa, mas federação não garante que todos poderão exercê-lo. Alvinegros já garantiram mando de campo em Itaquera

Depois de duelo em campo, Palmeiras e São Paulo tentam garantir direito de jogar em casa
Marcos Bezerra/Futura Press
Depois de duelo em campo, Palmeiras e São Paulo tentam garantir direito de jogar em casa

Faltam duas rodadas para o fim da primeira fase do Campeonato Paulista , e os quatro grandes clubes do Estado estão classificados em primeiro lugar de seus grupos. Em tese, todos eles deveriam jogar em casa a partida única das quartas de final contra o segundo colocado de suas chaves. Em tese.

Melhor campanha do torneio até o momento, o  Corinthians  já assegurou o direito de atuar em Itaquera na próxima fase. Já  Palmeiras  e  São Paulo,  um deles terá de jogar fora de seu estádio, apesar de ter garantido no campo o direito de ser mandante no confronto eliminatório da próxima fase. Dá para entender?

Isso acontece porque a FPF (Federação Paulista de Futebol), seguindo recomendação da Polícia Militar, instituiu no regulamento do Paulistão que caso os três times da capital paulista terminem em primeiro a fase de classificação, o pior deles perderá o direito de jogar em casa. Abaixo, o que diz a lei.

"Caso para a fase de quartas de final classifiquem-se mais de 02 (dois) Clubes da
cidade de São Paulo, aplicando-se critérios técnicos, somente os 02 (dois) Clubes que  tiverem obtido as melhores campanhas, na primeira fase da competição, terão o direito  de jogar em seus estádios. Os demais devem jogar fora do município, visando atender as normas de segurança das partidas".

Traduzindo: a PM não é capaz de garantir segurança caso Palmeiras, Corinthians e São Paulo joguem numa mesma data na capital paulista, ainda que seus estádios estejam em zonas diferentes da cidade (veja mapa abaixo). As arenas de Corinthians e Palmeiras estão distantes 25 quilômetros. Do Morumbi ao Itaquerão são 30. E do Allianz Parque ao estádio são-paulino, 11,3.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Paulista

As quartas de final do Paulistão, em jogo único, serão nos dias 11 e 12 de abril. Assim, apenas dois dos três grandes paulistanos jogarão em casa, um no sábado, outro no domingo. Ao terceiro colocado entre eles resta a resignação e aceitar mandar um jogo longe de casa em uma dessas datas. 

Estádios de Corinthians, Palmeiras e São Paulo estão em lados opostos da cidade


Exibir mapa ampliado

Não há possibilidade de transferência da data para sexta-feira, dia 10, ou segunda, dia 13, por exemplo. Primeiro porque no dia 8 acontece a rodada da primeira fase (seriam apenas dois dias de diferença). Segundo, porque na semana seguinte, tanto São Paulo como Corinthians têm compromissos da Libertadores, dias 15 e 16, respectivamente. 

Então, nesta reta final de Estadual, mais do que garantir o primeiro lugar, dois dos três grandes tentarão garantir o direito de jogar em casa. O Corinthians, com 35 pontos, não pode mais ser ultrapassado pelos dois rivais. O Palmeiras, com 27, precisa somar mais pontos que o São Paulo, que com 29 tem dois jogos para manter a situação atual.

Nas rodadas finais, o Palmeiras pega o Mogi Mirim, no Allianz Parque, e o Ituano, no Novelli Júnior. O São Paulo encerra sua participação contra o Botafogo, em Ribeirão Preto, e a Portuguesa, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.