Revista contesta Bola de Ouro e usa números para colocar Messi acima de CR7

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Para The Economist, embora o português tenha feito mais gols nos últimos dois anos, o argentino foi mais decisivo

Nos últimos dois anos, Cristiano Ronaldo marcou 105 gols, foi eleito duas vezes pela Fifa o melhor jogador do mundo e conduziu o Real Madrid a um título da Liga dos Campeões. Já Messi marcou 86 gols e ganhou apenas o Campeonato Espanhol pelo Barcelona nas duas últimas temporadas. Ainda assim, a revista inglesa The Economist coloca o argentino acima do português nesse período. E ela usa números para justificar a escolha.

Leia mais: Messi lidera ranking dos mais bem pagos, que tem dois brasileiros no top 10

A The Economist usou um critério estatístico para comparar os dois craques, o EPA (Expected Points Added). É uma maneira de avaliar a importânica dos gols marcados por um atleta e quantos pontos eles rendem ao time. No caso, a conta considerou não apenas os gols marcados por ambos em seus clubes, mas também em suas seleções.

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo: gols importantes definem disputa entre os craques
Getty Images
Lionel Messi e Cristiano Ronaldo: gols importantes definem disputa entre os craques

No caso de Cristiano Ronaldo, cada gol marcado rendeu 0,40 ponto ao Real Madrid ou à seleção portuguesa, em média. A conta destaca, por exemplo, que ele marcou dois gols nas semifinais da Liga dos Campeões contra o Bayern quando o Real Madrid já tinha vantagem de 3 a 0 e 4 a 0 no placar agregado dos dois jogos. Na final contra o Atlético de Madri, marcou quando seu time já vencia por 3 a 1 na prorrogação.

Já Messi tem um EPA de 0,47. Ou seja, os gols dele são mais decisivos para o Barcelona e para a seleção argentina. A revista destaca que o argentino marcou cinco gols decisivos nos 20 minutos finais de jogos entre 2013 e 2014. Embora tenha 20% menos gols do que Cristiano Ronaldo, Messi fez 20% mais gols decisivos. Não só equilibrou a disputa como levou vantagem nela.

Leia tudo sobre: barcelonareal madridmessicristiano ronaldoespanhaportugalargentinafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas