Tamanho do texto

Líder invicto do Grupo 2, Corinthians registra 95% de chances de êxito. Equipe do Morumbi terá sequência como visitante

Michel Bastos marcou o gol da vitória do São Paulo diante do San Lorenzo, no Morumbi
Andre Penner/AP
Michel Bastos marcou o gol da vitória do São Paulo diante do San Lorenzo, no Morumbi

A torcida já estava impaciente e o time passava por apuros, mas o gol de Michel Bastos aos 44 minutos do segundo tempo diante do San Lorenzo , no Morumbi, deu ao São Paulo  mais do que a segunda vitória em três partidas pela Libertadores. Os três pontos deixaram a equipe em situação mais confortável na chave, liderada pelo rival Corinthians , antes de partir para uma sequência de dois jogos fora de casa, que serão decisivos para definir os classificados às oitavas de final.

Confira a tabela da fase de grupos da Copa Libertadores

No Grupo 2, chamado de "grupo da morte" assim que o sorteio das chaves foi realizado, o Corinthians tem nove pontos e a vantagem de encarar Danubio e San Lorenzo nas próximas rodadas como mandante. Segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, tem 95% de chances de alcançar as oitavas de final da Libertadores. 

Após estrear com derrota para o rival, o São Paulo se reabilitou e ocupa a vice-liderança, com seis, com probabilidades de 75% para avançar no torneio. Tem, no entanto, um desafio maior: enfrentará argentinos (em 1º de abril) e uruguaios (dia 15/4) fora de casa, antes de fechar sua participação em novo clássico, dia 22 de abril, no Morumbi.

Leia também: Torcida do São Paulo reata com “time de guerreiros” em vitória suada

Em princípio, o Danubio não assusta. Sem pontuar e com míseros 3% de chances, a equipe uruguaia não poderá mais chegar às oitavas se perder para o Corinthians, dia 1º de abril, em Itaquera. A segunda vaga do grupo ficaria mais próxima de São Paulo ou San Lorenzo (27%), que voltam a se encontrar na mesma data, no Nuevo Gasometro, em Buenos Aires.

Caso vença na Argentina, a equipe comandada por Muricy Ramalho poderia se garantir nas oitavas de final da Libertadores até com um empate diante do Danubio, no Uruguai. Se esse cenário virar realidade, o clássico São Paulo x Corinthians serviria para cumprir tabela ou até valeria a liderança da chave, dependendo da performance do alvinegro nas rodadas anteriores.