Torcedores do Torpedo Moscou fizeram sons de macaco durante a partida contra o Zenit, a fim de ofender o brasileiro

O Torpedo Moscou, da Rússia, terá que jogar duas partidas sem a presença de torcedores. A punição deve-se às ofensas racistas de seus torcedores contra o atacante brasileiro Hulk, do Zenit, na partida do último sábado.

Na ocasião, Hulk reagiu mandando beijos  aos torcedores, e depois do jogo disse que fez isso porque é preciso "respeitar para ser respeitado". Ele marcou o gol do Zenit, que empatou por 1 a 1 com o Torpedo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.