A pedido do Governo Federal, a lei voltará a ser discutida na próxima terça-feira. Contrapartidas ainda são debatidas

A votação da LRFE (Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte) foi adiada nesta quarta-feira na Câmara dos Deputados, em Brasília. O projeto de refinanciamento em 20 anos das dívidas dos clubes de futebol só voltará a ser discutido na próxima terça-feira a pedido do Governo Federal. 

Leia também:
+ CBF diz que sindicato pode fazer denúncia por atletas com salários atrasados
Lei que pune clubes por atraso de salários é bem vista, mas precisa de ajustes

No último dia 20 de janeiro, a presidente Dilma Rousseff vetou o texto da LRFE proposto pelos deputados da "bancada da bola", como Vicente Cândido (PT-SP), já que ele não incluía contrapartidas para os dirigentes de clubes que aderissem ao refinanciamento das dívidas.

Os deputados que pretendiam aprovar o projeto sem inclusão de contrapartidas aos dirigentes esperavam que ele fosse votado nesta quarta-feira, ainda sem a inclusão das contrapartidas. 

Em momento conturbado no cenário político em Brasília, o governo federal ainda não encaminhou a Medida Provisória que incluiria as tais contrapartidas, que são desejo do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) e do senador Romário (PSB-RJ), que contam com o apoio do Bom Senso FC, grupo de jogadores de futebol profissional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.