Esperanza Aguirre diz que torcidas de finalistas desrespeitam a Espanha e não deveriam jogar o torneio que homenageia o rei

Esperanza Aguirre, candidata à prefeitura de Madri, se opõe a Barcelona e Athletic
Flickr/Comité Ejecutivo Regional
Esperanza Aguirre, candidata à prefeitura de Madri, se opõe a Barcelona e Athletic

O sentimento separatista visto muitas vezes nos estádios de Barcelona  e Athletic Bilbao vai ganhar força na final da Copa do Rei desta temporada em 30 de maio. O local do jogo ainda não decidido e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid , se negou a ceder o estádio Santiago Bernabéu para a disputa, que ainda não tem local definido.

Nesta segunda-feira, Esperanza Aguirre, membro do Partido Popular e candidata à prefeitura de Madri, se manifestou sobre o assunto e disse que os dois clubes, representantes do País Basco e da Catalunha, regiões com forte resistência ao governo central de Madri, não deveriam jogar um torneio que homenageia o rei da Espanha.

“Outra vez chegam estes clubes à final. E outra vez já se anuncia que as torcidas de ambos vão aproveitar a final para mostrar seu ódio aos espanhóis vaiando o hino nacional e o rei. Vão aproveitar a solenidade para dar uma exibição de ódio aos outros espanhóis", disse Aguirre, que participou da cerimônia de entrega do troféu da Copa do Rei da temporada passada ao Real Madrid.

É provável que a final da Copa do Rei seja jogada em Valencia, no Estádio Mestalla, local que também recebeu a decisão entre Real Madrid e Barcelona na última temporada. A escolha sobre o palco da final será anunciada no próximo dia 25.

A final do torneio é normalmente jogada em campo neutro. Em setembro de 2014, Barcelona e Athletic se enfrentam no Camp Nou com uniformes em homenagem às bandeiras da Catalunha e do País Basco, respectivamente. 

"Aquele que despreza a união de todos que formam a nação espanhola não merece estar presente em uma competição em que o prêmio é precisamente o reconhecimento de todos os cidadãos espanhois", completou Aguirre. "O resto dos espanhois não merece aguentar essas ofensas (de bascos e catalães)", encerrou. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.