Clubes que atrasam salários podem perder pontos no Brasileirão de 2015

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Regra é estudada pela CBF para se adequar à ideia de fair play financeiro proposta pelo Bom Senso e pelo governo federal

Conselho técnico da CBF em reunião no Rio nesta segunda-feira, dia 2 de março
Rafael Ribeiro/CBF
Conselho técnico da CBF em reunião no Rio nesta segunda-feira, dia 2 de março

Em reunião do conselho da CBF nesta segunda-feira, no Rio, foi anunciado por dirigentes dos 20 clubes que participam do Brasileirão de 2015 que a entidade estuda adotar já para este campeonato uma regra que estipule a perda de pontos para as equipes que atrasarem seus salários.

Não há nada ainda no regulamento do torneio um artigo que determine essa punição para clubes devedores, mas segundo os representantes dos clubes que estiveram na reunião, a CBF vai tentar fazer um adendo ao regulamento em que faça da intenção de punir os devedores virar regra. 

A ideia é defendida pelo grupo Bom Senso FC, que reúne jogadores brasileiros de todas as divisões, e também pelo governo federal. Porém, ela não seria aplicada nos moldes desejados.

Atual bicampeão Cruzeiro abre Brasileirão contra Corinthians. Veja a tabela completa

A intenção da CBF é fazer algo que a Federação Paulista já faz para seus torneios estaduais. Em São Paulo, os clubes que forem denunciados pelos jogadores por atrasos superiores a 15 dias podem perder pontos. São eles que devem ir à Justiça Desportiva, e não somente à Justiça Comum, para reivindicarem seus direitos. 

Para o Bom Senso, a medida é ineficiente, pois nenhum jogador estaria disposto a entrar na justiça contra um clube por medo de retaliação. O denunciante poderia perder espaço no próprio time e também em outros clubes. Para o grupo, os clubes devem ser punidos independentemente de denúncia dos jogadores. 

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas