Ex-jogador cobra salários, bonificações e férias que não foram pagas pelo clube paulista. Valor gira em torno de R$ 350 mil

Everton Costa
Gazeta Press/Mauro Horita
Everton Costa

Aposentado do futebol por conta de problemas no coração, o ex-jogador Everton Costa, ganhou a ação que move contra o Santos , equipe que defendeu entre agosto e dezembro de 2013.

Leia mais: Aos 29 anos, Everton Costa encerra a carreira após doença no coração

Costa entrou na Justiça para cobrar bonificações, salários e férias que não foram pagos pelo clube durante sua passagem.

Segundo o advogado do ex-atleta, o valor estimado que deverá ser pago pelo Santos é de R$ 350 mil.

Após atuar em 17 partidas com a camisa do time paulista, Everton Costa foi para o Vasco , passagem encurtada por uma arritmia cardíaca sofrida  durante o jogo contra o Resende, em abril de 2014. Ele foi submetido e se recuperou, mas foi informado neste ano que teria que abandonar o futebol para evitar novos riscos.

Confira abaixo outros atletas que encerraram a carreira precocemente por causa de problemas físicos:


Negligência e acusações contra o Santos

A ação movida contra o Santos não é a única decepção de Costa com o ex-clube. Em entrevista ao canal SporTV , ele acusou o departamento médico do time de não informá-lo de que estava com doença de Chagas, apontada como a causadora da arritmia sofrida no ano seguinte.

"Não me falaram que eu tinha a doença. O mínimo que tinham que fazer era falar, que é obrigação do médico falar para o paciente o que ele tem. E isso não foi dito. Para falar a verdade, eu quase morri", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.