Fãs do clube inglês que estavam reunidos em um dos vagões para ir ao jogo diante do PSG, pela Liga dos Campeões, impediram que um cidadão negro embarcasse no metrô

Insatisfeito com a postura de alguns de seus torcedores, o Chelsea estuda banir os adeptos que tiveram atitude racista em Paris, na França, antes do jogo desta terça-feira diante do PSG , na ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Paris Saint-Germain domina, mas só fica no empate com o Chelsea

Durante o trajeto em direção ao Parque dos Príncipes, fãs do clube inglês que estavam reunidos em um dos vagões para ir ao jogo impediram que um negro embarcasse no metrô, deixando-o de fora na plataforma. Um dos muitos passageiros do metrô resolveu gravar o vídeo que repercutiu negativamente na imprensa europeia. Assista abaixo:

O incidente na estação Richelieu-Drouot, cerca de três paradas antes do estádio do clube francês, aconteceu as 19h30 (horário local) e deixou parte dos passageiros atônitos. Em meio à ação, os ingleses bradavam cantos de incentivo ao Chelsea intercalados de ofensas racistas, do tipo “nós somos racistas, nós somos racistas e esse é o jeito que nós gostamos”. Paul Nolan, responsável por flagrar o delito, transmitiu ao The Guardian maiores detalhes sobre o acontecido.

“As pessoas que estavam no trem eram inglesas e fãs do Chelsea. Cantavam gritos de apoio ao clube. Antes de ouvirmos os gritos racistas, porém, eles fizeram algumas menções sobre Segunda Guerra Mundial. Isso pareceu bem agressivo”, relatou Nolan.

Dentro de campo, PSG e Chelsea empataram por 1 a 1
Christophe Ena/AP
Dentro de campo, PSG e Chelsea empataram por 1 a 1

“Ele (a vítima) obviamente ficou chocado quando ele foi colocado para fora do trem. Eu não acredito que ele tenha entendido quem eram aquelas pessoas. Ele então tentou voltar para o vagão, mas foi puxado para fora novamente. Isso definitivamente é um choque cultural. Eu vi uns rapazes franceses dizendo ‘isso é um absurdo’”, contou.

O jornalista esportivo Gary Lineker, que cobria o jogo pelo canal esportivo da BBC, rede de televisão inglesa, condenou a ação dos torcedores do Chelsea por meio de uma publicação no Twitter. “Acabei de ver o vídeo dos torcedores do Chelsea, comportamento deplorável com esses cânticos racistas. Constrangedor, imbecil, vergonhoso”, escreveu. Por meio de uma nota, divulgada no site oficial nesta manhã, o clube condenou a ação e se comprometeu a punir os envolvidos.

“Este tipo de comportamento é abominável e não tem lugar seja no futebol ou na sociedade. Nós vamos apoiar qualquer ação criminalista contra os envolvidos neste caso, e se for comprovado algum envolvimento do Chelsea com relação à facilidade em venda de ingressos, inclusive membros do clube podem ser punidos, tendo ordens de proibição expedidas contra eles”, diz o comunicado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.