Técnico do PSG critica Ibrahimovic por tirar a camisa em campanha contra a fome

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Laurent Blanc não gostou de ver o atacante levar amarelo após marcar o gol contra o Caen. "Espero que ele não tire a camisa novamente contra o Chelsea", afirmou o treinador

O gesto humanitário do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, que tatuou 50 nomes em seu corpo, representando os 805 milhões de pessoas que sofrem com a fome no mundo, acabou causando um princípio de crise entre ele e o técnico do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc. Ao marcar um gol contra o Caen pelo Campeonato Francês, logo aos dois minutos de jogo, Ibrahimovic tirou a camisa para exibir as tatuagens. Em seguida, como manda a regra, foi punido com cartão amarelo pelo árbitro. Blanc, porém, não aprovou o gesto.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Francês

"Não sei se tirar a camisa foi uma boa coisa a ser feita. Eu só espero que ele não tire a camisa novamente se marcar amanhã", disse Blanc, em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira. 

Após marcar contra o Caen,Ibrahimovic tirou a camisa e exibiu os nomes de 50 pessoas em campanha contra a fome mundial
AP Photo/Christophe Ena
Após marcar contra o Caen,Ibrahimovic tirou a camisa e exibiu os nomes de 50 pessoas em campanha contra a fome mundial


Veja vídeo da campanha contra a fome que motivou tatuagens de Ibrahimovic

O treinador do PSG estava se referindo ao importante duelo de sua equipe contra o Chelsea nesta terça-feira, pelo início da fase de mata-mata da Liga dos Campeões da Europa. A partida está marcada para às 17h45 (horário de Brasília), no estádio Parque dos Príncipes, em Paris.

O PSG terá ao menos três desfalques para esta partida. Além do atacante brasileiro Lucas, o meio-campista Cabaye e o ala Aurier estão vetados, todos por contusão.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas