Ofício da entidade enviado ao clube paulista informa que o time argentino terá de fechar portões em partida na Argentina

Ofício recebido pelo Corinthians sobre portões fechados no jogo contra o San Lorenzo
REPRODUÇÃO/CONMEBOL
Ofício recebido pelo Corinthians sobre portões fechados no jogo contra o San Lorenzo

O Corinthians  publicou nesta quinta-feira em seu site um ofício da Conmebol que informa que a partida contra o San Lorenzo, pela segunda rodada do grupo 2 da Libertadores , dia 4 de março, deverá ser jogada com portões fechados no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. 

O documento não detalha o motivo que levou a Conmebol a punir o San Lorenzo. Diz apenas quantas pessoas cada clube poderá levar ao estádio no dia da partida. 

Na quarta-feira, na partida de volta da Recopa Sul-Americana, um dos auxiliares de arbitragem da partida do San Lorenzo contra o River Plate, foi atingido por um objeto atirado pela torcida do San Lorenzo. O time de Boedo perdeu o jogo por 1 a 0 e o rival ficou com o título. 

A última partida com portões fechados na Libertadores aconteceu em fevereiro de 2013, quando o Corinthians recebeu o Millonários no Pacaembu pela fase de grupos. A punição foi dada por conta da morte de Kevin Beltrán Espada, de 14 anos, vítima de morteiro atirado por um torcedor corintiano em partida contra o San José, em Oruro, na Bolívia. 

Pintura de estádio do San Lorenzo foi refeita, mas arquibancadas não vão receber torcida em sua estreia em casa na Libertadores em que defende o título.
DIVULGAÇÃO/SAN LORENZO
Pintura de estádio do San Lorenzo foi refeita, mas arquibancadas não vão receber torcida em sua estreia em casa na Libertadores em que defende o título.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.