Em três jogos oficiais em 2015, time já supera total de cartões vermelhos recebidos em toda Libertadores vencida pelo clube

Guerrero foi expulso contra o Once Caldas em partida pela Libertadores
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Guerrero foi expulso contra o Once Caldas em partida pela Libertadores

Ao menos no início da temporada de 2015 o Corinthians  está deixando de lado a fama de time limpo, marca do time na última passagem de Tite entre 2010 e 2013. Em três jogos oficiais a equipe já soma três cartões vermelhos. O número é superior aos recebidos pela equipe na campanha da Libertadores de 2012, quando além do título, o clube ganhou também o troféu "fair play" da Conmebol . Foram dois vermelhos naquele torneio. O cenário atual preocupa o técnico. 

"Chega de ter jogadores expulsos. A gente não pode. Chega. Temos que ser mais inteligentes. Esteja o árbitro certo ou errado", disse Tite após o clássico contra o Palmeiras no domingo. O goleiro Cássio foi expulso logo no início do segundo tempo por retardar o início do jogo. Antes, contra o Once Caldas, dia 4, Guerrero e Fábio Santos foram expulsos por entradas violentas. 

A média de um expulso por jogo é absurda se forem considerados os números do Corinthians nas últimas temporadas. Em 2014, com Mano Menezes como técnico, o time do Parque São Jorge recebeu três vermelhos em todo Campeonato Paulista (15 rodadas) e outros três no Brasileirão (38 jogos). Em 2013, ainda com Tite, foram três expulsões no Brasileiro e nenhuma no Estadual. Em 2012, o time recebeu um vermelho no Paulistão e três no Nacional. 

"As estatísticas mostram. No último Brasileiro, apenas dois em 10 jogos em que um time teve jogador expulso conseguiram manter um resultado. Não podemos dar essa chance ao adversário. Nós conseguimos manter o resultado nos dois últimos jogos, mas isso não pode acontecer", disse o técnico, que sempre se orgulhou de vencer jogando limpo, algo que não vem acontecendo em 2015.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.