Último a trocar o Corinthians pelo Boca Juniors ainda não convenceu na Argentina

Por Luís Araújo - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Campeão do mundo em 2012, Martínez foi para Buenos Aires buscando vaga na Copa, mas passou longe de realizar o sonho

Pouco utilizado no Corinthians em 2014, o meio-campista uruguaio Nicolás Lodeiro foi apresentado nesta quinta-feira pelo Boca Juniors. Para contar com ele, o clube argentino desembolsará cerca de US$ 2,8 milhões (R$ 7,5 milhões) para ter 50% dos direitos econômicos do atleta. A esperança é que o investimento em um corintiano dê resultados melhores desta vez.

Martínez em ação pelo Corinthians em 2012
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Martínez em ação pelo Corinthians em 2012

Em 2013, o Boca Juniors gastou US$ 3,2 milhões (R$ 6,5 milhões) para obter parte dos direitos econômicos do atacante argentino Juan Manuel Martínez, integrante do elenco que conquistou o Mundial de Clubes em dezembro 2012. Transferência que causou um certo tipo de alívio no jogador, insatisfeito por atuar aberto no meio de campo no 4-2-3-1 de Tite.

Leia também: Um ano após a troca, Jadson e Pato ainda buscam se firmar em seus times

"No Corinthians não me colocavam na minha posição", disse Martínez ao jornal argentino Olé em 2013, assim que chegou ao Boca. "Todos sabem que eu não jogo de meia, sempre fui atacante. Então, isso dimunuía as minhas possibilidades de estar no meu melhor rendimento e minhas chances na seleção. E essa é uma das minhas metas. Eu queria jogar e ser atacante. Por isso decidi sair", completou.

Veja ainda: Felipe se sente preparado para repetir trajetória de Leandro Castán

Mas as coisas não saíram como ele planejava. Alguns meses depois de sua chegada a Buenos Aires, o mesmo Olé publicou uma crítica ao rendimento do jogador, com o título de "Burrito sem energia" -- em referência ao apelido do atacante. 

E mais: Diretor expõe problemas e avisa que não dá para satisfazer Guerrero

Martínez se transferiu para o Boca Juniors no início de 2013 e ainda não deslanchou
AP
Martínez se transferiu para o Boca Juniors no início de 2013 e ainda não deslanchou

"Sem continuidade no país da caipirinha, o Burrito apostou em voltar à Argentina para buscar seu sonho de jogar a Copa do Mundo de 2014. O Boca e a Copa o seduziram. Mas seu nível está abaixo do que aquele esperado quando da sua contratação. Em 13 partidas (sete pelo campeonato local e seis pela Libertadores), anotou apenas um gol: frente ao Barcelona, no Equador, pela Libertadores. Finalizada a fase de grupos, começa uma nova Libertadores. Pois bem. Essa é a esperança do Boca e de Burrito: que as partidas decisivas o recarreguem", disse o texto do jornal argentino. 

Martínez saiu do Corinthians insatisfeito
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Martínez saiu do Corinthians insatisfeito

A situação mudou muito pouco. No início de sua terceira temporada pelo Boca Juniors, Martínez soma 67 partidas disputadas, sendo 55 como titular, mas balançou as redes somente oito vezes. 

O sonho de disputar a Copa do Mundo passou longe de virar realidade. Ao invés disso, Martínez viveu um 2014 conturbado em Buenos Aires, tendo chegado a reclamar com o então treinador Carlos Bianchi sobre as muitas vezes em que era substituído durante os jogos. 

"Foi investido muito dinheiro por parte do Boca no Martínez", declarou Bianchi em março do último ano. "Tinha e sigo tendo muita confiança nele. Acredito que seja um mau momento que ele esteja atravessando. Tenho a confiança de que ele vai acabar dando a volta por cima nesta situação e mostrando as qualidades que tem", completou o treinador.

Neste início de temporada, quem comanda o time argentino é Rodolfo Arruabarrena. Mantido entre os titulares, Martínez tem a chance de justificar o esforço que o Boca Juniors fez para adquirí-lo dois anos atrás, algo que ainda não está muito claro para os torcedores. 

Leia tudo sobre: MartinezCorinthiansBoca JuniorsLibertadoresFutebol Mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas