Um dos principais responsáveis pela conquista da Libertadores de 2004, Henao é reserva do time colombiano aos 43 anos

Henao, goleiro do Once Caldas
Reprodução
Henao, goleiro do Once Caldas

Rival do Corinthians na disputa por uma vaga no Grupo 2 da Libertadores, o Once Caldas conta com um jogador conhecido do público brasileiro no seu elenco. Trata-se de veterano goleiro Juan Carlos Henao, de 43 anos, que hoje é reserva na equipe comandada pelo treinador Flabio Torres. 

Leia também:  Rival corintiano se acostumou a eliminar brasileiros na Libertadores

No início da década passada, porém, ele era titular absoluto do Once Caldas. Mais do que isso: as boas atuações o fizeram ser convocado para a seleção colombiana, e o estilo irreverente aliado ao calção curto e aos cabelos longos renderam comparações a René Higuita. 

Henao chegou ao Once Caldas em 1992, quando tinha 21 anos, mas foi aparecer com destaque fora das fronteiras colombianas mesmo em 2004, quando o clube conquistou a Libertadores. Foi justamente ele um dos principais responsáveis por aquela vitoriosa campanha, que incluiu triunfos sobre Santos e São Paulo  antes da decisão, vencida diante do Boca Juniors. A temporada acabou com o nome na oitava colocação no ranking dos melhores goleiros do planeta feito pela IFFHS.

Veja ainda:  Com Libertadores e eleições, Corinthians inicia semana decisiva 

No ano seguinte, ele se transferiu para o Santos, que havia acabado de se sagrar campeão brasileiro e se preparava para disputar a Libertadores. "Sempre quis jogar no país do melhor futebol do mundo, e jogar na melhor equipe deste país é fantástico. Depois das conquistas do ano passado, só poderia trocar o Once Caldas por uma equipe também campeã", disse o goleiro na época. 

"O Santos conta com uma forte equipe. Temos tudo para conquistar esta Libertadores. O grupo pode contar com meu empenho", completou. Mas o elenco teve de lidar, na verdade, com os constantes erros do colombiano, que não passou nem perto de repetir o desempenho que havia mostrado na temporada anterior.

Henao treina com o Once Caldas em São Paulo
Leonardo Benassatto/Futura Press
Henao treina com o Once Caldas em São Paulo

Na partida de ida pelas quartas de final da competição continental, ele falhou em dois gols do Atlético-PR, que venceu de virada por 3 a 2 e assegurou a classificação na partida seguinte. Depois disso, o técnico Gallo promoveu Mauro à titularidade de maneira definitiva. 

No decorrer da temporada, Henao chegou a cair ainda mais na lista de preferências e virou terceira opção para o setor. Em dezembro de 2005, antes de completar um ano na Vila Belmiro, acabou sendo dispensado.

Voltou para a Colômbia em 2006 ao acertar com o Millonarios. No ano seguinte, foi para a Venezuela defender o Maracaibo na Libertadores. Ainda passou pelo Real Cartagena, também da Colômbia, antes de retornar ao Once Caldas, em junho de 2010.

Reserva de Cuadrado, Henao admite que Corinthians é o favorito no confronto entre as duas equipes na primeira fase da Libertadores. Mas tratou de buscar inspiração em uma história que ajudou a escrever para lembrar que é possível superar os comandados de Tite.

"Na Libertadores que ganhamos, os rivais eram sempre os favoritos, mas isso é demonstrado em campo", disse ele, em entrevista ao jornal colombiano La Patria . "Unidos, com esforço e atitude, ganhamos a Libertadores", encerrou. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.