Português será um dos adversários de Joseph Blatter, que tentará seu quinto mandato, nas eleições marcadas para o próximo dia 29 de maio

Português Luís Figo será candidato à presidência da Fifa contra Joseph Blatter
Getty Images
Português Luís Figo será candidato à presidência da Fifa contra Joseph Blatter

O ex-jogador Luís Figo anunciou sua intenção de concorrer à presidência da Fifa. O português será adversário de Joseph Blatter, que tentará seu quinto mandato, nas eleições marcadas para o próximo dia 29 de maio. Os outros candidatos são o ex-jogador francês David Ginola, o ex-dirigente da própria Fifa Jerome Champagne, o vice-presidente da entidade Ali Bin Al Hussein e o presidente da federação holandesa Michael van Praag.

“Devo ao futebol o que sou e chegou a hora de retribuir. Sou candidato à presidência da Fifa”, escreveu Figo em sua conta no Twitter.

Leia também:  Mesmo com retrospecto invicto, Dunga prevê dificuldades em 2015

Na última quarta-feira, o ex-craque português explicou em entrevista à CNN que sua decisão se deve à imagem ruim que a Fifa ganhou nos últimos anos devido a escândalos de corrupção.

"Eu me importo com o futebol, então o que eu estou vendo quanto à imagem da Fifa, não apenas agora, mas nos últimos anos, não gosto. Se você procurar Fifa na internet você vê a primeira palavra que aparece: escândalo. Sem palavras positivas. É isso o que nós temos que mudar primeiro e tentar melhorar a imagem da Fifa. O futebol merece muito mais do que isso", explicou Figo.

No ano passado, o português, eleito melhor jogador do mundo em 2001, esteve no Brasil como embaixador da empresa responsável por fornecer os bancos de reservas utilizados durante a Copa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.