Seleção brasileira venceu por 2 a 1, gols de Thalles e Marcos Guilherme. Manotas anotou para os colombianos

Marcos Guilherme comemora gol do Brasil em vitória sobre a Colômbia
Getty Images
Marcos Guilherme comemora gol do Brasil em vitória sobre a Colômbia

O Brasil, que já entrou em campo classificado ao hexagonal final do Sul-Americano sub 20, encerrou sua participação na primeira fase do campeonato com vitória. Na noite desta sexta-feira, em Maldonado, no Uruguai, pelo grupo B, a seleção derrotou a Colômbia por 2 a 1, gols de Thalles, do Vasco, e Marcos Guilherme, do Atlético-PR. Manotas anotou para o adversário.

Com o resultado, o Brasil fechou a chave B na segunda posição, atrás apenas do Uruguai. Aliás, a seleção encara os donos da casa na abertura do hexaonal final, na segunda-feira, às 22h (de Brasília). A Colômbia também se classificou, enquanto Chile e Venezuela foram eliminados. No grupo A avançaram Argentina, Paraguai e Peru. Equador e Bolívia deram adeus ao torneio.

Nas outras duas partidas de abertura do hexagonal final, a Argentina terá pela frente a seleção peruana, enquanto a Colômbia encara o Paraguai. Todas as equipes se enfrentam e quem somar mais pontos após cinco rodadas fatura o título sul-americano.

O campeonato, além de garantir os quatro primeiros no Mundial da categoria, na Nova Zelândia, dará outras quatro vagas (terceiro ao sexto) para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, e uma direta (segunda pode ser pela repescagem) para a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

O Brasil, por ser sede dos Jogos de 2016, já está automaticamente classificado. Sendo assim, em caso de título da seleção, o outro time de melhor campanha no Sul-Americano carimba seu passaporte para o Rio de Janeiro, enquanto a segunda melhor equipe disputará a repescagem contra um país da Concacaf.

O jogo

A partida começou amarrada, com algumas jogadas ríspidas e sem chances de gol. O Brasil teve a primeira aos 18 minutos, mas Eduardo Henrique, após receber de Yuri Mamute, perdeu na frente do goleiro colombiano.

O primeiro tempo caminhava para o empate quando a seleção brasileira abriu o placar. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, Thalles, jogador do Vasco, recebeu e mandou a bola no canto direito de Vasquez.

A bola rolou para o segundo tempo e logo aos cinco minutos, num erro de posicionamento da zaga brasileira, Manotas deixou tudo igual. A Colômbia quase virou aos 14, mas Marcos salvou a seleção no chute de Rodríguez.

A partida melhorou. Aos 20, Lorran chutou para a sensacional defesa do goleiro colombiano. Aos 28, Marcos Guilherme entrou no lugar de Eduardo Henrique. Dois minutos depois, o atacante do Atlético-PR colocou o Brasil novamente em vantagem e garantiu a vitória.

BRASIL 2 x 1 COLÔMBIA

Data: 23/01/2015 (sexta-feira)

Local: Estádio Domingo Burgueño, Maldonado (Uruguai)

Árbitro: Diego Haro (Peru)

Auxiliares: Braulio Cornejo (Peru) e Ezequiel Brailovsky (Argentina)

Cartões amarelos: Gerson, Kenedy e Léo Pereira (Brasil). Hernández e Díaz (Colômbia).

Gols: Thalles, aos 42 minutos do primeiro tempo. Manotas, aos 5 minutos; e Marcos Guilherme, aos 30 minutos do segundo tempo.

Brasil
Marcos; Auro, Marlon, Léo Pereira e Lorran; Walace, Gerson (Nathan) e Eduardo Henrique (Marcos Guilherme); Malcom (Kenedy), Thalles e Yuri Mamute.
Técnico: Alexandre Gallo

Colômbia
Vásquez; Castrillón, Caicedo, Hernández e Londoño; Tello, Díaz, Rodríguez, Barrera (Lucumi) e Zapata; Manotas. 
Técnico: Carlos Alberto Restrepo Isaza

*Com Ahe Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.