Atacante foi apresentado ao lado de Kelvin e provocou rivais Corinthians e São Paulo, que tentaram contratá-lo em vão

Kelvin e Dudu foram apresentados pelo Palmeiras neste sábado
Leonardo Benassatto/Futura Press
Kelvin e Dudu foram apresentados pelo Palmeiras neste sábado

O Palmeiras  apresentou Dudu e Kelvin, dois dos seus reforços para a temporada, neste sábado, no Allianz Parque, antes de a equipe enfrentar o Shandong Luneng, em amistoso.

A apresentação de Dudu era a mais aguardada pelo torcedor do clube por conta de toda a luta movida entre Corinthians e São Paulo para contratá-lo. O Palmeiras se aproveitou da indecisão dos rivais e atravessou o negócio com sucesso, dando um "chapéu", termo usado no futebol para as contratações de jogadores que estavam nos planos de um rival.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

E Dudu se aproveitou da situação para provocar. "A euforia da minha chegada fica para a torcida. Mas se for para deixar a torcida feliz, eu espero fazer o gol contra o Corinthians e contra o São Paulo e ai eu posso fazer essa comemoração (tirando o chapéu)", disse Dudu.

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, disse antes da apresentação do atacante que o primeiro motivo do clube ao contratá-lo foi contar com um jogador de qualidade, e não em prejudicar os rivais. Dudu assinou contrato por quatro temporadas com o Palmeiras, que pagou 3,5 milhões de euros por 50% dos seus direitos econômicos. A outra metade é do Dínamo de Kiev. 

Ao lado de Dudu, Kelvin, ex-Paraná e que estava no Porto, também foi apresentado. O jogador chega por empréstimo de um ano. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.