Atacante argentino ainda negou desentendimentos do passado e afirmou que não "toma decisões" no clube espanhol

Messi negou desgaste com Luis Enrique e possível saída do Barcelona
David Ramos/Getty Images
Messi negou desgaste com Luis Enrique e possível saída do Barcelona

Após brilhar na vitória do Barcelona sobre o Atlético de Madri, Lionel Messi aproveitou momento para esclarecer as especulações acerca do relacionamento com o técnico Luis Enrique e a possibilidade de sair do time espanhol. O argentino negou tudo. 

Leia mais: Messi foi melhor da Copa, mas Ronaldo tem mais cartas na manga para Bola de Ouro

"Não tenho a intenção de ir a nenhum lugar. Não exigi nada para ficar, porque nunca tive a intenção de sair do Barcelona. Também ouvi dizer que meu pai conversou com Chelsea, City... Tudo é mentira", disse Messi, ao canal de TV do Barcelona.

O atacante argentino ainda disse que a polêmica, desta vez, veio de Barcelona, não de Madri.  "Aproveito e agradeço poder dar a minha versão e falar o que realmente é verdade. Já disseram muitas vezes que tive má relação com Guardiola, Eto’o, Ibra, Bojan. Isso não é verdade. Essa polêmica não veio de Madri como em outras vezes, que nos atacaram. Tem gente que quer causar problemas no clube. Que não se crie uma rivalidade entre mim e Luis Enrique, porque não existe. Estou cansado de ouvir tantas coisas sobre mim. Me acusam de decidir as coisas do clube quando na verdade sou só mais um jogador. Não tomo decisões, nem peço que tomem".

Quatro vezes escolhido como melhor jogador do mundo pela Fifa, Messi concorre com o eterno rival Cristiano Ronaldo e com o goleiro alemão Manuel Neuer. O anúncio do vencedor será dado nesta segunda e o argentino vê o quinto título como algo difícil.

"Sendo realista, acho que é complicado. Cristiano Ronaldo e Neuer fizeram anos espetaculares. Um ganhou a Liga dos Campeões e fez muitos gols, o outro ganhou a Copa do Mundo", concluiu Messi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.