Apesar de ter naufragado com Portugal no Mundial, atacante do Real Madrid está mais cotado que Lionel Messi e Manuel Neuer para ser escolhido melhor jogador do mundo em 2014

Cristiano Ronaldo é favorito para ganhar sua terceira Bola de Ouro
AP
Cristiano Ronaldo é favorito para ganhar sua terceira Bola de Ouro

Houve um tempo em que ganhar a Copa do Mundo seria o suficiente para fazer um craque ficar também com o prêmio de melhor jogador do planeta. Que o digam Romário, em 1994; Zinedine Zidane, em 1998; Ronaldo, em 2002; e Fabio Cannavaro, em 2006. A história, porém, para por aí. Em 2010, apesar de um Mundial apagado, Lionel Messi faturou a Bola de Ouro. E algo semelhante deve acontecer na próxima segunda-feira: vencedor da Liga dos Campeões de 2014, mas eliminado na primeira fase da Copa no Brasil, Cristiano Ronaldo é o principal favorito na disputa contra Messi e Manuel Neuer.

Cristiano Ronaldo teve um ano quase exemplar pelo Real Madrid. Se o título espanhol foi perdido para o rival Atlético de Madrid, na Europa ele sobrou. Não bastasse a conquista do título continental, algo que o time merengue não conseguia desde 2002, o atacante português quebrou o recorde de gols marcados em uma só edição do torneio: 17.

Nem o naufrágio de Portugal na Copa do Mundo abalou o prestígio do craque. Apesar de ter feito somente um gol e ter sido eliminado ainda na fase de grupos, o camisa 7 apagou a má impressão voltando a brilhar pelo Real. Seus 26 gols em 15 jogos do Campeonato Espanhol e a conquista fácil do Mundial de Clubes são prova disso.

Messi ganhou uma Bola de Ouro quando foi mal na Copa e deve perder agora que foi melhor do torneio
Clive Rose/Getty Images
Messi ganhou uma Bola de Ouro quando foi mal na Copa e deve perder agora que foi melhor do torneio

Lionel Messi já havia mostrado em 2010 que ir bem na Copa não era mais tão relevante para a Bola de Ouro. O argentino fez um campeonato abaixo das expectativas e foi eliminado nas quartas de final, mas suas atuações de gala com o Barcelona na Champions lhe renderam o troféu no fim do ano.

Curiosamente, o camisa 10 precisa que esse critério seja revisto se quiser ser eleito o melhor do planeta pela quinta vez. Isso porque, vice-campeão mundial no Brasil, Messi foi escolhido como principal jogador do torneio, enquanto o Barça passou em branco na última temporada.

Cannavaro foi eleito o melhor do mundo em 2006
Christopher Lee/Getty Images
Cannavaro foi eleito o melhor do mundo em 2006

Quem corre por fora e certamente ficaria com o prêmio se os critérios adotados pela Fifa até 2006 ainda estivessem valendo é Manuel Neuer, a exemplo do que ocorreu com o italiano Fabio Cannavaro. Sim, o zagueiro fez uma grande Copa há nove anos e levantou a taça do tetra para seu país, mas a nomeação de melhor de todo o planeta teve um pouco de exagerado. Explica-se: Zidane, o favorito, manchou seu nome com a cabeçada desferida contra Marco Matterazzi na decisão daquele Mundial.

Já Neuer, campeão da Copa com a Alemanha, impressionou o mundo com seu estilo de jogar: sempre adiantado, como um líbero, costuma rasgar bolas com os atacantes adversários, dando mais segurança a seus zagueiros. O camisa 1 do Bayern de Munique se tornou referência para outros jogadores por sua habilidade com os pés.

Mas contra o alemão, eleito o melhor goleiro do Mundial, está o fato de que nunca um atleta de sua posição recebeu o troféu mais cobiçado da Fifa. Só o fato de estar entre os finalistas já pode ser considerado uma vitória.

O anúncio do vencedor da Bola de Ouro 2014 será nesta segunda-feira.

    Leia tudo sobre: lionel messi
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.