Tamanho do texto

No Boxing Day do Campeonato Inglês, Rooney marcou duas vezes e deu assistência para Van Persie cabecear na vitória por 3 a 1. Sterling fez o único gol do Liverpool sobre o Burnley

Rooney cobra pênalti e marca para o Manchester United
Jon Super/AP
Rooney cobra pênalti e marca para o Manchester United

Na tarde desta sexta-feira, ou Boxing Day , como alguns países de língua inglesa chamam o dia após o Natal, Manchester United e Liverpool venceram pela 18ª rodada do Campeonato Inglês. Os Red Devils superaram o Newcastle em casa por 3 a 1, na partida que marcou a volta do colombiano Falcao, que vinha sofrendo com lesões, ao time titular. Já os Reds visitaram o Burnley e conseguiram uma vitória suada por 1 a 0.

Confira a classificação, jogos, notícias e artilharia do Campeonato Inglês

Com o triunfo, o United se mantém na perseguição aos líderes da competição, ainda na terceira posição, agora com 38 pontos. Já o Liverpool foi a 25 pontos e assumiu a 9ª colocação, ultrapassando o Newcastle, em passo importante para renovar a confiança da equipe na temporada.

Leia mais: Debaixo de muita neve, City vence com gol brasileiro e mantém caça ao Chelsea

Veja fotos da neve da partida entre Manchester City e West Bronwich:


Na volta de Falcao como titular, Rooney brilha no Old Trafford
Jogando em sua casa, o United começou melhor na partida, trocando passes com calma e tentando algumas infiltrações na zaga do Newcastle, que estava atenta. A primeira chance clara de gol aconteceu aos 16 minutos, quando van Persie recebeu cruzamento dentro da área e conseguiu finalizar de canhota, mas a bola saiu à esquerda do gol de Alnwick. Os visitantes responderam aos 16 minutos, com bom chute de fora da área Janmaat, que forçou boa defesa do goleiro de Gea.

Rooney é abraçado por Falcao após marcar na vitória do Manchester United
Jon Super/AP
Rooney é abraçado por Falcao após marcar na vitória do Manchester United

Mas os Red Devils seguiram dominando o jogo e, aos 23 minutos, Mata acertou belo lançamento da intermediária e encontrou Falcao na direita. O colombiano se esticou e conseguiu, de carrinho, rolar para o meio da área e deixar Rooney na cara do gol para abrir o placar: 1 a 0 United.

As tentativas do Newcastle de escapar rapidamente para o campo de ataque seguiam sendo neutralizadas pela defesa mandante, enquanto o meio-campo e o ataque do United continuavam trocando bons passes e cercando a zaga alvinegra. Aos 36 minutos, Rooney recebeu dentro da área do garçom Mata e chutou com firmeza no canto esquerdo para ampliar a vantagem da sua equipe.

Os donos da casa se mantiveram implacáveis após o intervalo. Logo aos sete minutos, Rooney deu belo lançamento da intermediária e encontrou van Persie no meio da zaga adversária. O holandês subiu mais que a defesa e cabeceou cruzado para fazer 3 a 0 United. O Newcastle tentou responder cinco minutos depois. Armstrong aproveitou rebote após cruzamento, dominou na entrada da área e bateu com força, mas a bola passou à direita do gol de de Gea.

Aos 19 minutos, Falcao encerrou sua participação na partida, e saiu para a entrada de James Wilson. Os mandantes seguiram melhores na partida e chegaram a criar algumas oportunidades, mas também tomaram sustos. Aos 33, de Gea foi forçado a fazer boa defesa após ter sua área invadida pela direita. Os visitantes conseguiram descontar no fim da partida. Aos 41, Cissé converteu pênalti cometido por Phil Jones e deu números finais ao jogo 3 a 1.

Liverpool consegue vitória suada fora de casa
Os minutos iniciais do primeiro tempo foram agitados, diferentemente de todo o restante. Logo aos 6 minutos, o atacante Sterling recebeu livre na entrada da área e quase abriu o placar para o Liverpool, mas a bola saiu por pouco à direita do gol. No minuto seguinte, Sterling apareceu bem novamente para os Reds e empurrou a bola para o fundo das redes, mas estava impedindo e o tento foi invalidado.

Os visitantes detinham mais posse de bola, trocando passes na defesa e encontrando dificuldades para penetrar na defesa adversária. O Burnley, por sua vez, conseguiu ser mais contundente, e aos 15 minutos Danny Ings fez boa jogada na frente da área do Liverpool e soltou uma bomba, que explodiu na trave esquerda do goleiro Brad Jones. Um minuto depois, o belga Mignolet, geralmente titular da meta vermelha, entrou no lugar de Jones, contundido.

O restante da primeira etapa foi morno. As duas equipes conseguiam tocar a bola na zaga, mas não eram capazes de ameaçar a meta adversária. A partida chegou ao intervalo equilibrada, com 53% de posse de bola para os donos da casa e 47% para o Liverpool.

Já no início da segunda etapa, os visitantes começaram melhor e conseguiram abrir o placar com um belo gol. Aos 18 minutos, o brasileiro Philippe Coutinho ganhou de dois defensores no meio-campo e deu bom passe em profundidade para Sterling, que invadiu a área, cortou o goleiro e chutou para fazer 1 a 0 para o Liverpool.

O Burnley tentou reagir, começou a pressionar e, logo após o gol visitante, obteve três escanteios seguidos, mas não conseguiu marcar. A partida seguiu equilibrada, disputada no meio-campo, com algumas escapadas das duas equipes. Em uma delas, Rickie Lambert (que havia acabado de entrar no lugar de Philippe Coutinho) chegou a marcar aos 30 minutos, mas estava impedido e seu tento não valeu. A partir de então, os Reds conseguiram segurar a vantagem na partida e levaram três pontos importantes para casa.

Confira os resultados de outras partidas que aconteceram às 13h desta sexta pelo Campeonato Inglês:

Crystal Palace 1 x 3 Southampton
Everton 0 x 1 Stoke City
Leicester 1 x 2 Tottenham
Sunderland 1 x 2 Hull City
Swansea 1 x 0 Aston Villa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.