Novo treinador do clube gaúcho foi duas vezes campeão uruguaio e vice da Libertadores de 2011 pelo Peñarol

Diego Aguirre, técnico do Internacional
Edu Andrade/Fatopress/Gazeta Press
Diego Aguirre, técnico do Internacional

A chegada de Diego Aguirre ao Internacional foi aprovada por Dunga. Na opinião do comandante da seleção brasileira e conhecedor do clube gaúcho, o uruguaio foi uma boa escolha, desde que ele tenha boas condições para trabalhar.

"Futebol, hoje, é globalizado. Temos ótimos treinadores no Brasil, mas também têm ótimos treinadores em outros países, assim como há jogadores em todas as partes do mundo. Tem que se dar oportunidade e condições para que esse treinador possa desenvolver seu trabalho. Acredito que seja uma boa escolha", disse.

Assim como Dunga, Aguirre assumirá a equipe depois de tê-la defendido também como jogador. Ex-atacante, ele vestiu a camisa do Inter em duas temporadas, tendo sido artilheiro do time na Libertadores de 1989, ano em que deixou o clube. No futebol brasileiro, atuou ainda por São Paulo e Portuguesa.

Como treinador, foi duas vezes campeão uruguaio e vice da Libertadores de 2011 pelo Peñarol. Naquela edição, eliminou seu atual clube em pleno Beira-Rio, inclusive. Três anos depois, ele retorna a Porto Alegre para substituir Abel Braga, cujo contrato não foi renovado pela diretoria depois da disputa do Campeonato Brasileiro.

Dunga também está na capital gaúcha, onde participará no sábado de jogo beneficente organizado por D'Alessandro, meia argentino que será treinado por Aguirre. Em entrevista nesta sexta-feira para promover o evento, o treinador da Seleção Brasileira ainda revelou seu voto na eleição do melhor jogador do mundo: o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.