Enquanto as principais ligas da Europa entram em recesso, times ingleses farão até nove jogos em um mês, com direito a rodada pós-Natal e no primeiro dia de 2015

A chegada das festas de Natal e reveillón e o início do inverno fazem as principais ligas de futebol da Europa promoverem um recesso, que pode durar cerca de duas semanas, como na Espanha , ou mais de um mês, caso da Alemanha . Rússia  e Ucrânia ficam 90 dias sem campeonatos para escapar das baixas temperaturas. A exceção é a Inglaterra. Ao contrário dos vizinhos, o país promove uma maratona de partidas em dezembro, com rodada completa pós-Natal e no primeiro dia do novo ano.

Confira classificação, artilharia e a tabela completa do Campeonato Inglês

O brasileiro Willian em ação pelo Chelsea contra o Tottenham, dia 3 de dezembro, abrindo a maratona de fim de ano na Inglaterra
Shaun Botterill/Getty Images
O brasileiro Willian em ação pelo Chelsea contra o Tottenham, dia 3 de dezembro, abrindo a maratona de fim de ano na Inglaterra


Além do Campeonato Inglês, a Copa da Liga teve as quartas de final disputada neste mês. Isso sem contar a Liga dos Campeões , com quatro equipes inglesas na fase de grupos. Chelsea  e Liverpool , por exemplo, entraram em campo por essas três competições. Do dia 3 de dezembro a 1º de janeiro, ambos terão feito nove partidas em um mês.

Liverpool empata com Arsenal nos acréscimos, mas segue patinando no Inglês

Não dar folga ao futebol no fim de ano é uma tradição no país. A rodada de 26 de dezembro, a próxima do Campeonato Inglês, ganha o nome de uma data comercial importante no Reino Unido: o Boxing Day, quando produtos entram em promoção no dia seguinte ao Natal. São dez partidas, com direito a clássicos regionais - nesta temporada as atrações serão Chelsea x West Ham e Arsenal x Queens Park Rangers. 

Zagueiro bate o rosto na trave e dá susto na Inglaterra: veja as fotos

O último fim de semana de 2014 também tem rodada completa do Campeonato Inglês, que volta a campo em 1º de janeiro, fechando uma maratona de quatro jogos em dez dias. Após isso, a competição desacelera para retomar as atividades no dia 10.

A sequência é cansativa, mas os brasileiros que jogam o Campeonato Inglês não a acham prejudicial para o restante da temporada. "É claro que há um pequeno desgaste, mas acredito que isso não vai afetar para o fim da temporada. Dificulta um pouco nesse período mesmo, com um jogo a cada três dias, sem ter tempo para treinar direito. É mais trabalho de recuperação. Joga, recupera, joga, recupera... Precisamos nos alimentar bem, descansar bem. É um período difícil mesmo, mas vou me preparar para estar sempre inteiro para os jogos", analisou Willian, meia do Chelsea e da seleção brasileira , ao iG Esporte . "São dias muito cheios para ser um jogador de futebol na Inglaterra. São muitas partidas importantes para jogar na época do Natal. Não é usual, mas é um dos motivos que fazem a Premier League ser tão especial", complementou o meia Oscar, também da equipe de Londres.

Manchester City amplia tabu sobre Crystal Palace e empata na liderança do Inglês

Mais do que o cansaço, os jogadores lamentam o pouco tempo que terão para passar as festividades de fim de ano com os familiares. Dá tempo de planejar algo? "Não tem planejamento (risos). No ano passado já passei por isso também. Jogamos no dia 26, no dia 1º... Foi igual. O jeito é só pensar em jogar mesmo. Além dos jogos, tem a concentração. Então, nessa época do ano, não existe planejamento de festas para nós (risos)", comentou Willian. "Não é legal deixar a família para trás, mas é meu trabalho e espero fazer os torcedores do Chelsea felizes durante as festas", emendou Oscar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.