Tamanho do texto

"Eu queria batalhar, caso ocorra a venda, que fosse boa para ambos os lados", disse Daniel Nepomuceno

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, admite vender o atacante Diego Tardelli, mas revelou que a proposta recebida pelo clube agrada apenas ao jogador. O mandatário alvinegro espera uma nova oferta do futebol chinês para então liberar o jogador, que ainda tem contrato em vigor com o clube mineiro até 2017.

Confira a movimentação do mercado da bola entre os clubes brasileiros

"É uma proposta chinesa, muito boa para ele, mas para o clube eu ainda não via muita vantagem. Eu queria batalhar, caso ocorra a venda, que fosse boa para ambos os lados", disse Nepomuceno em entrevista à Rádio Itatiaia.

Diego Tardelli deve sair do Atlético-MG
Igor Coelho/AGENCIA I7
Diego Tardelli deve sair do Atlético-MG

O dirigente afirma que já conversou com Tardelli e que vai tentar manter o atleta na Cidade do Galo pelo menos por mais um ano. "Ele colocou a proposta que tinha recebido, a vontade de jogar fora, a liberdade financeira. Falei com ele que ia buscar uma maneira para ele ficar mais um ano ou jogar a Libertadores, que ele me desse tempo para eu poder trabalhar o melhor elenco", comentou.

Apesar do desejo do jogador de conseguir a independência financeira, Daniel Nepomuceno espera convencer Tardelli a continuar no Atlético-MG. "Continuo com o pensamento de que o Diego é prioritário para o elenco de 2015. Vai depender do acerto que seja bom para os três lados. O caso do Diego ainda tem prazo para discutir", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.