Com a saída de Mano Menezes, atacante que estava no Botafogo será reintegrado ao elenco a partir de janeiro

O empresário de Emerson, Reinaldo Pitta, confirmou a apresentação de Emerson com o restante do elenco do Corinthians no dia 5 de janeiro, no CT do Parque Ecológico. Após um período de empréstimo, o atacante espera ficar no clube para cumprir os seis meses restantes de seu contrato.

Intercâmbio amplia armas ofensivas de Tite, mas sem abrir mão do "equilíbrio"

O agente não surpreendeu ao apontar a manifestação do atleta de 36 anos com o retorno do técnico Tite. "O que posso dizer é que o Emerson está feliz por ser o Tite. Ele nunca desejou sair do Corinthians", afirmou, em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes .

O Sheik já vinha de um semestre ruim sob comando de Tite, em 2013, e ficou claramente fora dos planos quando Mano Menezes assumiu a equipe alvinegra, no início de 2014. Acabou sendo emprestado ao Botafogo, com boa parte de seu salário pago pelo clube do Parque São Jorge.

Mano saiu, Tite voltou, e as portas se reabriram. Em sua apresentação, o novo velho comandante apontou que o atacante "é patrimônio do clube". Os dirigentes cobraram disciplina. "Caso ele esteja comprometido, vamos colher os frutos", disse o gerente de futebol Edu Gaspar.

De acordo com Reinaldo Pitta, a expectativa do herói da Copa Libertadores de 2012 é ótima. "O que aconteceu foi que, com o Mano Menezes lá, ele foi para o Botafogo para evitar problemas. Agora, sabemos que o Emerson admira o Tite e que o Tite o respeita", comentou o empresário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.