Manchester United contou com atuação excepcional do goleiro De Gea e o ataque funcionou na sexta vitória seguida

De Gea fez grandes defesas e foi o melhor em campo na vitória do Manchester United sobre o Liverpool
Alex Livesey/Getty Images
De Gea fez grandes defesas e foi o melhor em campo na vitória do Manchester United sobre o Liverpool

O Liverpool pressionou e fez o que pôde para marcar, mas não contava com a atuação excepcional do goleiro De Gea, do Manchester United. O espanhol fez uma série de belas defesas e viu o ataque de sua equipe ser eficiente para fazer 3 a 0 no clássico do Campeonato Inglês. 

Confira a classificação, jogos, notícias e artilharia do Campeonato Inglês

No Old Trafford, o time dirigido por Louis van Gaal soube aproveitar os erros cometidos pelos visitantes para construir uma vitória por 3 a 0, gols de Rooney, Juan Mata e Van Persie. O placar é o inverso do confronto entre essas equipes no mesmo local, em março, em uma temporada que já parece distante.

O Liverpool, que brigou pelo título de 2013/14, está apenas no meio da tabela, com 21 pontos. Mal na disputa anterior, o Manchester agora tem seis vitórias seguidas e está em terceiro lugar, com 31.

Se não mostra exatamente como foi o jogo, o marcador é um bom retrato do momento da equipe comandada pelo pressionado Brendan Rodgers. Ela perdeu vários gols na cara do excepcional goleiro De Gea, falhou na defesa e acabou vendo a torcida local fazer a festa.

Sterling foi quem mais sofreu nas mãos de De Gea. Aos 11 minutos do primeiro tempo, ele recebeu na frente do espanhol e perdeu o duelo. No contra-ataque, Valencia colocou entre as pernas de Allen e rolou para Rooney bater no contrapé de Brad Jones, que não é De Gea.

Sterling voltou a se ver em ótima posição para marcar, parando novamente no muro espanhol, antes que o Manchester ampliasse em lance irregular, aos 39. Apagado até ali, Mata construiu uma boa jogada e apareceu para concluí-la de cabeça, em posição de impedimento, após cruzamento de Young e desvio de Van Persie.

O Liverpool voltou do intervalo com Balotelli e seguiu criando oportunidades. O italiano viu Sterling perder mais uma chance clara em duelo pessoal com De Gea e percebeu que não era só por incompetência do atacante. Balotelli também parou em três grandes defesas de De Gea.

Do outro lado, o Manchester United era bem mais eficiente. Van Persie perdeu uma chance por pouco, mas não repetiu o erro aos 25. O placar foi fechado em um contra-ataque cortado parcialmente por Lovren. Mata desconcertou a marcação com uma finta e deixou o holandês praticamente sem goleiro.

Juan Mata celebra segundo gol do Manchester United sobre o Liverpool
Alex Livesey/Getty Images
Juan Mata celebra segundo gol do Manchester United sobre o Liverpool


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.