Clubes da Argentina são atuais campeões da Libertadores e da Sul-Americana, além da seleção hermana ter chegado mais longe que a brasileira na Copa do Mundo deste ano

Nos últimos anos, o futebol brasileiro sempre esteve à frente do argentino, seja na performance dos clubes nas competições continentais ou nos resultados obtidos pelas seleções nacionais. Mas os hermanos trataram de mudar a história neste ano de 2014 e os papeis foram trocados.

Messi em ação pela Argentina na Copa
Clive Rose/Getty Images
Messi em ação pela Argentina na Copa

A Copa do Mundo foi o princípio dessa inversão de valores. Por mais que tenha perdido o título diante da Alemanha, a Argentina foi mais longe que o Brasil na competição e alcançou uma final depois de longos 24 anos, quando Maradona levou a equipe à decisão do Mundial de 1990.

E a seleção brasileira ainda deixou o torneio disputado em seu território com a má impressão de ter levado uma sonora goleada por 7 a 1 dos alemães na semifinal, a maior derrota de toda sua história.

A consequência pode ser vista no ranking da Fifa, onde o Brasil sempre esteve à frente do rival sul-americano. Atualmente a Argentina ocupa a segunda colocação, atrás apenas da líder Alemanha, enquanto o time comandando por Dunga é o sexto. Na última lista antes da disputa do Mundial, os argentinos estavam na quinta posição, com os brasileiros em terceiro.

River Plate foi campeão da Sul-Americana
Getty Images
River Plate foi campeão da Sul-Americana

Domínio no continente

O melhor momento do futebol argentino sobre o brasileiro é refletido também entre os clubes. Tanto que os atuais campeões da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana são San Lorenzo e River Plate, respectivamente.

Na Libertadores, o domínio histórico é argentino. Com a conquista do San Lorenzo, o país chegou a 23 títulos na competição, contra 17 do Brasil. Já na Sul-Americana, a vitória do River Plate faz a vantagem dos hermanos aumentar de sete títulos contra apenas dois dos brasileiros.

Fator Messi

Tudo isso sem contar Lionel Messi, considerado por muitos o melhor jogador do mundo atualmente e um dos melhores de toda história do futebol. O camisa 10 do Barcelona é o jogador mais caro do planeta, com valor estimado em 138,1 milhões de euros. Neymar, quarto colocado da lista, tem valor de mercado na casa dos 67,4 milhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.