Nadine Camara Bastos é elogiada pelo presidente Delfim de Pádua, da FCF. Ela também é dentista por formação

Assistente Nadine Camara em ação no jogo entre Corinthians x Sport
Alexandre Schneider/Getty Images
Assistente Nadine Camara em ação no jogo entre Corinthians x Sport

Ana Paula Oliveira, Fernanda Colombo, Priscila Santos ou Maíra Americano Labes. Todas elas têm a arbitragem e os atributos fora de campo como características em comum. Mas longe de toda essa badalação está Nadine Camara Bastos, a bola da vez da Federação Catarinense de Futebol e que é capaz de arrancar elogios do presidente Delfim de Pádua Peixoto Filho.

Leia também:  Planejamento dá resultado, e Santa Catarina vira protagonista no Brasileirão

"Eu considero a Nadine uma das melhores auxiliares do Brasil. É uma menina que tem um currículo ótimo e evoluiu durante esses anos", disse Delfim em entrevista ao iG . O cartola ainda aponta a diferença comportamental entre ela e Fernanda Colombo, que despontou nesta temporada, acabou expulsa pela federação e agora está filiada à Federação Pernambucana de Futebol. "A Fernanda é uma boa moça, mas tem de se centrar mais. Ela não pode misturar a carreira da arbitragem e querer ser modelo. Ela misturou isso, não foi disciplinada e agora está seguindo outro caminho", completou.

Formada em odontologia na Universidade do Vale do Itajaí e cirurgiã dentista por formação, Nadine se interessou pelo curso de arbitragem em 2007 depois de um convite da amiga, e hoje companheira de profissão, Maíra Labes, e nunca mais parou. Atualmente, ela integra ao quadro da Fifa e é uma das mais promissoras da categoria.  Veja abaixo a galeria de fotos de Nadine:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.