Elenco corintiano se apresentará no dia 5 de janeiro e fará parte de sua pré-temporada nos Estados Unidos. Jogos pela fase preliminar da Libertadores serão no início de fevereiro

Gil, zagueiro do Corinthians
Reprodução
Gil, zagueiro do Corinthians

O técnico provavelmente será o mesmo, Tite. O adversário não será o Tolima, mas o Corinthians voltará a disputar uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores com um time colombiano, decidindo fora de casa. As semelhanças com o histórico fracasso de 2011, no entanto, não assustam Gil, alvinegro desde 2013.

Guerrero viaja ao Peru e deixa com empresários negociação de contrato

"No ano de 2011, se não me engano, aconteceu aquela eliminação lá. Mas, agora, é outra história. Está todo o mundo se preparando para voltar bem das férias porque o início vai ser muito forte. Vamos estar concentrados e voltar com força total", prometeu o zagueiro, presente na festa do Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta.

O elenco se apresentará no dia 5 de janeiro e fará boa parte de sua pré-temporada nos Estados Unidos. Os confrontos da pré-Libertadores acontecerão nos dias 4 e 8 de fevereiro, contra Santa Fe, Independiente Medellín ou Once Caldas. Entre os embates, há clássico contra o Palmeiras, no reconstruído Palestra Itália.

Começar o ano em ritmo lento pode custar caro demais. "Estamos prontos. Temos uma base montada do time que terminou o ano jogando. Claro que sempre é bom se reforçar e sabemos que a diretoria está correndo atrás de fazer o grupo mais forte. Como falei, vamos descansar e voltar bem das férias", disse Gil.

Sobrevivendo ao trauma da fase prévia da principal competição sul-americana, o Corinthians cairá em um grupo muito complicado, encabeçado pelo atual campeão San Lorenzo. Completam a chave o rival São Paulo e o Danubio, do Uruguai. "Não vai ser fácil, mas estamos preparados", assegurou o camisa 4 alvinegro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.