Tamanho do texto

Capitão da equipe recebe cerca de R$ 300 mil mensais. Clube já teria uma oferta por atacante que estava no Grêmio

A diretoria do Flamengo ainda não decidiu se vai renovar o contrato do lateral-direito Léo Moura, capitão da equipe nas últimas temporadas. Apesar do interesse demonstrado pelo jogador - que pretende encerrar sua carreira na Gávea -, os dirigentes rubro-negros não mostram qualquer pressa em resolver o assunto.

Para uma boa parcela da diretoria, Léo Moura se tornou um jogador muito caro por causa da idade e das lesões que vem sofrendo nos últimos meses. Moura recebe R$ 300 mil mensais, valor considerado excessivo pelo grupo que comanda o Flamengo.

Ao ser interrogado sobre o assunto, o diretor de futebol Rodrigo Caetano preferiu não discutir o tema. Ele disse que a decisão sobre a permanência de Léo Moura para a próxima temporada está sendo discutida entre diretoria e comissão técnica.

Dudu na mira - O atacante Dudu, que defendeu o Grêmio no último Campeonato Brasileiro, pode reforçar o Flamengo na próxima temporada. O jogador pertence ao Dinamo de Kiev e estava emprestado ao clube gaúcho, mas o vínculo foi encerrado e o atleta retornou ao clube de origem.

Os dirigentes do Rubro-Negro já teriam oferecido três milhões de euros (R$ 9,7 milhões) pelo atacante revelado pelo Cruzeiro. Caso seja concretizada, a contratação de Dudu seria a primeira de um jogador de prestígio, como pediu o técnico Vanderlei Luxemburgo nas últimas entrevistas.

Até agora, o Rubro-negro da Gávea acertou a vinda de Thallyson, ex-Asa, e Artur Maia, ex-América-RN, jogadores jovens e que são considerados "apostas" pela comissão técnica.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.