Rival paulista pode cair no mesmo grupo da equipe do Morumbi caso passe por um time colombiano na fase preliminar da competição

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo
Leandro Martins/Futura Press
Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

O técnico Muricy Ramalho deixa claro que a Copa Libertadores da América é a meta do São Paulo para a próxima temporada. Mesmo assim, o treinador ainda não projeta o possível encontro com o rival Corinthians na fase de grupos.

Para o técnico Muricy, grupo difícil pode fortalecer o São Paulo na Libertadores

"Não penso no Corinthians, eu penso no São Paulo", afirmou o treinador, depois da derrota por 1 a 0 para o Sport , na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro.

Vice-campeão nacional, o time tricolor se classificou direto para a fase de grupos do torneio continental, estando na chave do atual campeão San Lorenzo e também do uruguaio Danubio. O quarto integrante será o vencedor da fase preliminar entre Corinthians e um clube colombiano.Apesar de a Libertadores ser o principal objetivo do São Paulo, inclusive tendo servido como atrativo para a renovação do goleiro Rogério Ceni, Muricy Ramalho promete não deixar o Paulistão totalmente de lado.

"No ano que vem, teremos o foco total na Libertadores, é nosso principal objetivo. Vamos jogar sério também o Paulista, não vamos largar, mas o objetivo é a Libertadores", acrescentou. Antes de se concentrar para as competições de 2015, o São Paulo curte um pouco os resultados obtidos nesta temporada e aproveita as férias.

"Acho que o ano foi bom para nós, porque chegamos entre os quatro da Sul-americana e só ficamos fora por uma injustiça. Depois de ter brigado para não cair no ano passado, neste o time jogou bem, a torcida voltou a apoiar e fomos vice-campeões do Brasileiro, que é muito difícil", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.