Ex-jogador está na Europa para estudar novas formas de jogo e tem sido questionado sobre o volante do Cruzeiro

Paulo Roberto Falcão foi contratado pela Fox Sports
Divulgação
Paulo Roberto Falcão foi contratado pela Fox Sports

Integrante de uma das melhores seleções da história das Copas do Mundo, a de 1982 - ao lado de Zico, Sócrates e outros craques -, o ex-jogador Paulo Roberto Falcão, que também já teve sua oportunidade como comentarista, vem passando uma temporada na Europa no intuito de estudar novas formas de jogo para aprimorar seu lado treinador. Em intercâmbio em Madri, capital espanhola, Falcão visitou as dependências do Real Madrid e trocou informações com Carlo Ancelotti, italiano indicado ao posto de melhor treinador do mundo.

Em entrevista ao Ás , Falcão assumiu que foi perguntado sobre Lucas Silva, volante bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro , e uma das grandes promessas das categorias de base da seleção brasileira, que vem sendo sondado pelo Real Madrid por conta da lesão de Modric e da possível saída de Khedira na reabertura da janela de transferências, a partir de janeiro. Lucas, inclusive, pode ter feito seu último jogo pela Raposa no último domingo, diante do Fluminense, já que representantes do clube espanhol devem concluir a negociação ainda nesta semana.

"No Bernabéu, como sabem que sou brasileiro, alguns dirigentes e pessoas da comissão perguntaram pelo Lucas Silva. Eu disse a eles que é um bom jogador, que atuou muito bem neste ano. Para mim, ele tem condições de jogar no Real Madrid, tem boa técnica e chuta muito bem de fora da área, mas é preciso ver onde ele encaixa melhor. Não é ético que eu fale onde ele deva jogar", comentou.

Falcão falou ainda sobre o estilo de jogo do time merengue , que lidera o Espanhol de forma isolada e é uma das únicas equipes a cultivar os 100% de aproveitamento até a última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, que acontece neste meio de semana. "Vim aqui para fazer um intercâmbio de ideias com o Ancelotti, falar sobre a forma de trabalho no Brasil e aqui na Europa. Eu gostaria de trabalhar em algum clube europeu, por isso tomo como ideia", admitiu o ex-meia.

Perguntado pela imprensa espanhola sobre possíveis semelhanças entre o estilo de jogo do Real Madrid e da Seleção de 1982, o ex-jogador preferiu não fazer comparações. "Gosto como o Madrid joga, mas fazer comparações é muito complicado. Estamos falando do futebol 30 anos atrás, é muito diferente. Gosto como o Carlo arma o time, sempre disposto a atacar", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.