Argentino comandou a virada no clássico catalão e Barça fica a dois pontos do líder Real Madrid no Campeonato Espanhol

Há de se elogiar a grande fase de Lionel Messi e o encaixe perfeito do ataque do Barcelona, que recebeu o Espanyol no Camp Nou, na tarde deste domingo, e goleou por 5 a 1, com três gols de seu camisa 10. Piqué e Pedro também deixaram suas marcas no triunfo que mantém o Barça próximo do Real Madrid, líder do Campeonato Espanhol.

Messi comemora com Neymar um de seus gols diante do Espanyol
Manu Fernandez/AP
Messi comemora com Neymar um de seus gols diante do Espanyol


O desempenho do craque argentino neste domingo permite ao Barcelona alcançar 34 pontos no Nacional, ficando dois atrás do rival Real Madrid. O próximo compromisso é contra o PSG nesta quarta-feira, pela Champions League.

Como não tem compromissos internacionais no calendário, o Espanyol tem a semana inteira para lamber as feridas e se preparar para receber o Granada. A partida a ser disputada no Cornella-El Prat, no domingo, vale pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol. A equipe ocupa posição intermediária com 14 pontos conquistados.

Veja como está a classificação do Campeonato Espanhol

O Barcelona dominou a partida por completo, mas vacilou curiosamente no primeiro lance de perigo. Em contragolpe pela direita, Sergio García ganhou de Piqué na corrida e bateu de canhota para abrir o placar para os visitantes. O golpe sofrido ainda aos 13 minutos dificultou o primeiro tempo da equipe anfitriã, que só conseguiu chegar ao empate pouco antes do intervalo.

Messi deu início ao espetáculo ao receber passe simples de Xavi, no último minuto da primeira etapa. O camisa 10 dominou cortando a marcação e acertou cirurgicamente o canto esquerdo do goleiro Kiko Casilla. A pintura do dia, porém, seria composta apenas na segunda etapa.

Suárez chamou a atenção da marcação do Espanyol ao avançar pela esquerda e viu Messi livre na intermediária. O argentino dominou dando uma meia-lua no marcador e bateu de direita para virar a partida. Foi o 400º gol anotado pelo atacante com a camisa do Barcelona.

O interlúdio do show do argentino foi marcado pelo brilho dos coadjuvantes. Aos sete minutos da etapa final, Rakitic cobrou escanteio na segunda trave e Piqué subiu alto para fazer o terceiro do Barcelona. Quinze minutos depois foi a vez de Pedro anotar o seu: ele recebeu lançamento magistral de Jordi Alba às costas da zaga e bateu na saída do goleiro.

Messi voltou a aparecer nos minutos finais. O maior artilheiro da história do Campeonato Espanhol marcou seu 257º gol no torneio aos 36 minutos. Em velocidade, ele passou como quis da marcação e tabelou com Pedro antes de bater colocado para fechar a goleada no clássico da Catalunha.

É a terceira tripleta nos últimos quatro jogos disputados por Messi. Ele já tinha anotado três vezes contra o Sevilla, pelo Espanhol, e contra o APOEL, pela Liga dos Campeões da Europa, no intervalo de duas semanas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.