Tamanho do texto

Zagueiro da Roma, foi operado na última quarta-feira por causa de um cavernoma (aglomerados de vasos sanguíneos anormais) e irá finalizar processo de recuperação em sua casa

Na manhã deste domingo, o brasileiro Leandro Castán, zagueiro da Roma, da Itália, recebeu alta do hospital após ter passado por uma cirurgia no cérebro por causa de um cavernoma (aglomerados de vasos sanguíneos anormais). O atleta operou na última quarta-feira e irá finalizar o processo de recuperação em casa.

O jogador foi diagnosticado com este problema quando reclamou de fortes dores de cabeça durante uma partida pelo clube da capital italiana. Deste modo, após exames, ficou confirmado que ele teria que passar pelo procedimento cirúrgico para retirar o cavernoma, que media 3 cm.

Assim, após mais de três horas de cirurgia, ele removeu completamente o cavernoma. Os exames realizados após a operação mostraram que o procedimento foi um sucesso. Contudo, Castán ainda teve que passar um dia na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) antes de ser transferido para um quarto.

Aos 28 anos, o defensor vivia boa fase na Europa. Desde 2012 na Roma, Leandro Castán frequentemente era titular do time italiano e ainda sonhava em voltar a atuar pela seleção brasileira, onde já teve uma oportunidade quando Mano Menezes foi o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.