Equipe chega a 36 pontos e se assegura na liderança do Espanhol, seguidos por Atlético de Madri (32) e Barcelona (31)

Cristiano Ronaldo foi o nome da vitória do Real Madrid sobre o Celta de Vigo
Reuters/Andrea Comas
Cristiano Ronaldo foi o nome da vitória do Real Madrid sobre o Celta de Vigo

Na tarde deste sábado, o Real Madrid se garantiu na liderança do Campeonato Espanhol . Porém, o resultado positivo, em partida válida pela 14ª rodada, foi construído de maneira polêmica. No Santiago Bernabéu, a representação merengue precisou de um pênalti cavado e convertido por Cristiano Ronaldo para superar o Celta pelo placar de 3 a 0.

Após convencer o árbitro a apontar a marca da cal na primeira etapa, desabando atrasado com um toque mínimo do defensor em suas costas, o astro português voltou às redes aos 19 minutos do período complementar, para ampliar. O terceiro e último tento veio com 36 jogados, aproveitando preciso cruzamento do brasileiro Marcelo.

Com os três pontos, os galácticos chegam aos 36 somados e se asseguram no posto mais alto da classificação, seguidos por Atlético de Madri (32) e Barcelona (31). Ainda que vença o Espanyol, neste domingo, a formação azul e grená da Catalunha não ultrapassará o esquadrão madrilenho.

Em Elche, Atlético de Madri confirma favoritismo e pressiona líder Real

Por sua vez, os celestes, estacionados nos 20 pontos, permanecem no oitavo posto. A representação de Vigo trilha um retrospecto de 14 vitórias, cinco empates e cinco derrotas.

O próximo compromisso da equipe dirigida por Carlo Ancelotti ocorre no dia 12 de dezembro, sexta-feira, às 17h45 (de Brasília), diante do Almería, no estádio Juegos Mediterrâneos. Já os comandados de Eduardo Berizzo visitam o Málaga, no dia seguinte, às 19 horas, em La Rosaleda.

CR7 cava pênalti e coloca o Real Madrid à frente do marcador

Mesmo atuando em seus domínios, o Real Madrid encontrou muitas dificuldades para superar a defesa bem postada do Celta. A primeira chance veio aos sete minutos: após cobrança de escanteio, Cristiano Ronaldo se antecipou à marcação celeste e testou com consistência. Álvarez praticou firme defesa e viu Sergio Ramos, incrivelmente, desperdiçar o rebote.

Quando o relógio apontou a marca dos 16, o astro português recebeu um cruzamento na área celeste e emendou uma bela bicicleta. Porém, a finalização acrobática tomou o caminho da linha de fundo. Com 25 jogados, o camisa 7 merengue recebeu um lançamento milimétrico de Marcelo e concluiu cruzado. Porém, parou em intervenção providencial de Álvarez.

Entretanto, aos 34 minutos, o insistente Real Madrid encontrou uma maneira não convencional de furar a defesa do organizado Celta. Acionado na área, Cristiano Ronaldo sentiu um toque mínimo do defensor em suas costas e desabou atrasado. Mesmo com a péssima simulação, o árbitro apontou a marca da cal e irritou os inconformados visitantes. Na cobrança, o português não desperdiçou e estufou as redes de Álvarez, com categoria.

Celta esboça reação, mas astro português volta às redes e decreta triunfo

No minuto inicial do período complementar, o Celta quase foi às redes com Orellana. O dianteiro chileno foi acionado no campo de ataque e finalizou cruzado, mandando a bola rente à trave de Casillas. Porém, com 19 jogados, o Real Madrid ampliou a contagem. Após receber belo passe de Kroos, Cristiano Ronaldo se atrapalhou para dominar, mas viu o defensor celeste devolver o presente e não perdoou, chutando com precisão da entrada da área.

Com 35 jogados e o resultado encaminhado, o técnico Carlo Ancelotti sacou o atacante Benzema e promoveu a entrada do lateral-esquerdo Fabio Coentrão. No entanto, com uma formação mais defensiva, os merengues conquistaram o terceiro tento. Após belo cruzamento de Marcelo, o astro português concluiu com estilo para decretar o hat-trick .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.