Já rebaixado, clube carioca fala em "mostrar alguma coisa" neste fim de temporada, enquanto o time mineiro terá reservas e o retorno do zagueiro Réver

Já rebaixado para a Série B, o Botafogo encerra sua participação no Campeonato Brasileiro neste domingo, contra o Atlético-MG , em Brasília. Enquanto os cariocas vão a campo para terminar a competição de forma melancólica, os mineiros encerram a temporada em festa após o título da Copa do Brasil. Com a vaga assegurada para a Libertadores, o Galo vai escalar apenas reservas.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

Pelo lado do Botafogo, o pensamento é de fechar a temporada da forma mais honrosa possível. O técnico Vagner Mancini espera que a equipe possa terminar o ano com uma vitória. Sem saber se permanece para 2015, o treinador torce por um futuro melhor para o clube.

"Mesmo sendo fora de casa o último jogo, temos que tentar mostrar alguma coisa que tentamos durante o ano. Na próxima temporada, independente de quem estiver aqui, o fundamental é reestruturar o clube, replanejar. Em 2014, muita coisa foi feita errada e a prova disso foi uma campanha com mais derrotas do que vitórias", avaliou.

Em relação ao time, a novidade deverá ser a entrada de Fabiano na lateral esquerda. Mancini trabalhou com o meio sendo formado com três volantes e o ataque com três jogadores mais avançados. O goleiro Jefferson, principal atleta do elenco, foi poupado de alguns treinos, mas vai a campo no que pode ser sua despedida do clube carioca.

Já classificado para a Libertadores, o jogo contra o Botafogo vale pouco para o Atlético-MG, por isso, o técnico Levir Culpi decidiu usar uma formação reserva contra os cariocas, antecipando as férias de vários jogadores já visando a temporada 2015. O comandante alvinegro, porém, garante que o time que vai entrar em campo tem que ser respeitado.

"A partir deste sábado um grupo já entrou de férias, após o treinamento. E outro grupo vai para o jogo para a gente observar alguns jogadores, dar sequência a outros. Por conta da circunstância da partida, o jogo ficou um pouco esquisito. É terminar bem o campeonato. E tem que respeitar todos os jogadores", afirmou.

A principal estrela em campo será o zagueiro e capitão Réver, que retorna ao time após ficar inativos por vários meses se recuperando de cirurgia no tornozelo.

"O Réver é importante terminar a temporada jogando. É um jogador nosso, que tem mercado. E é muito importante para o nosso grupo já pensando na próxima temporada", comentou Levir Culpi.

Além de Réver, o comandante do Galo terá a chance de observar atletas que estão com os contratos com o Atlético-MG encerrando neste fim de ano, casos de Pedro Botelho e Josué, que podem, inclusive, estar fazendo a despedida do clube já que o lateral não pertence ao time mineiro e volante tem proposta do Flamengo.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO-RJ X ATLÉTICO-MG

Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 7 de dezembro de 2014, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Manoel Nunes Lopo Garrido (BA)
Assistentes: Lincoln Ribeiro Taques (MT) e Risley Pinheiro Martins (DF)

BOTAFOGO: Jéfferson, Régis, Dankler, André Bahia e Fabiano; Marcelo Mattos, Airton e Gabriel; Murilo, Yuri Mamute e Bruno Corrêa
Técnico: Vagner Mancini

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Alex Silva, Tiago, Réver e Pedro Botelho; Pierre, Josué e Eduardo; Dodô, Marion e Carlos
Técnico: Levir Culpi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.