Tamanho do texto

Presidente Carlos Eduardo Pereira revelou que Carlos Alberto Torres será embaixador do clube e ajudará nos negócios

Assim que assumiu a presidência do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira disse que Carlos Alberto Torres, o capitão do Tri, será o embaixador do clube. O cargo, que gerou piada até do próprio Capita, parece ter uma importância um pouco maior do que a esperada. Isso porque o ex-jogador terá papel determinante na busca por parceiros para o clube e já vem auxiliando o atual mandatário em negociações com fornecedores de material esportivo. A ideia é usar o prestígio de Torres no cenário do futebol internacional. O ex-jogador tem bons contatos, por exemplo, na Adidas, uma das marcas que está negociando com a cúpula botafoguense.

Carlos Alberto Torres ajudará o Botafogo nos bastidores
Getty Images
Carlos Alberto Torres ajudará o Botafogo nos bastidores

Leia também:  Nova administração e volta ao Engenhão podem ser armas para redenção do Botafogo

Na semana passada Carlos Alberto Torres já entrou contato com Franz Beckenbauer, outro ex-jogador, considerado o grande nome do futebol alemão em todos os tempos. O Capita pediu que o amigo abrisse as portas para o Botafogo no continente europeu e auxiliasse ainda na busca de um naming rights para o Engenhão, que será reaberto entre janeiro e março de 2015.

Oito motivos que levaram o Botafogo ao rebaixamento à Série B

O objetivo de Torres é fazer com que a Volkswagen, multinacional automobilística com sede em Wolfsburg, na Alemanha, possa dar nome ao estádio do Botafogo e Franz Beckenbauer se colocou à disposição para ajudar nesta negociação. O ex-jogador alemão chegou a gravar um vídeo em 2013, logo após o Botafogo ter conquistado o título carioca, dizendo que no Brasil torce pelo Alvinegro.

Apesar de evitar falar de negociações que não estão fechadas, Carlos Eduardo Pereira admite que Carlos Alberto Torres terá um papel estratégico ao longo de toda a sua gestão.

"O Carlos Alberto Torres é um nome muito respeitado, não apenas no Brasil, mas também em todo o mundo. Precisamos fortalecer ainda mais a marca do Botafogo, que já é muito forte. A grandeza do clube acaba falando mais alto em alguns momentos, como esse, em que as coisas em campo não ajudaram. Mesmo com o rebaixamento estamos tratando com grandes empresas e com bons fornecedores de material esportivo. Estou confiante que aos poucos nós vamos conseguir reconduzir o Botafogo a um local de destaque", disse Pereira.

Em relação ao futuro da comissão técnica e dos jogadores, os anúncios deverão ser feitos apenas após a última partida pelo Campeonato Brasileiro, marcada para este domingo, às 17h, diante do Atlético-MG no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). É certo que uma grande reformulação vai acontecer. Vagner Mancini será comunicado que não faz mais parte dos planos e o nome que mais interessa é o de Argel Fucks, atualmente comandado o Figueirense.

Do atual elenco, a situação dos atletas será definida apenas com a nova comissão técnica. Wilson Gottardo, atual diretor de futebol, tem possibilidades de permanecer, porém, neste caso, em uma função ainda mais próxima dos jogadores, talvez fazendo o elo com a diretoria.

Dentro de campo o elenco, que ganhou folga na segunda e na terça, se reapresenta apenas nesta quarta-feira para iniciar a preparação para o duelo contra o Atlétco-MG. A viagem para Brasília acontecerá apenas no sábado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.