Tamanho do texto

"Ele é a cara do Arsenal. O melhor momento de sua vida e de sua carreira foi vivido aqui", analisa o treinador da equipe

O torcedor do Arsenal  assiste aos desdobramentos da carreira do maior goleador da história do clube a um oceano de distância. Thierry Henry já anunciou que não permanece no New York Red Bulls para a próxima temporada da Major League Soccer (MLS), alimentando os rumores de sua possível volta ao clube inglês ou aposentadoria. Assim, o técnico Arsene Wenger aproveita para apostar em uma nova passagem do atacante francês por Londres.

Classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Inglês

Henry e Wenger durante passagem do atacante pelo Arsenal
Getty Images
Henry e Wenger durante passagem do atacante pelo Arsenal

"Ele é a cara do Arsenal. O melhor momento de sua vida e de sua carreira foi vivido aqui", analisa o treinador dos Gunners . "Certamente um dia ele voltará para cá. Em qual papel eu não sei, isso é o que ele tem que pensar, qual direção quer dar a sua vida."

Henry chegou ao futebol norte-americano há quatro anos após grande sucesso na Europa. Além de campeão mundial com a seleção francesa em 1998, ele foi o grande destaque da única campanha invicta da história do Campeonato Inglês, que culminou no título do Arsenal em 2004. Aos 37 anos, o atacante admite "tirar as próximas semanas para refletir" sobre o futuro.

O atacante defendeu o Arsenal por oito temporadas, tendo marcado 226 gols em 369 partidas disputadas no período. Ele passou pelo Barcelona, onde foi venceu da Liga dos Campeões em 2009, e então resolveu apostar no crescimento da MLS, nos Estados Unidos. Em 2012, seu retorno ao Arsenal por empréstimo rendeu outros dois gols anotados em sete partidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.